Charme feminino na Honda da grande aventura do TT

Abertas as inscrições para o 5.º Portugal de Lés-a-Lés Off-Road com garantia de perfume mais intenso entre Vila Pouca de Aguiar e Faro

Motos - Atualidade

Por Paulo Ribeiro 17-08-2019 10:15

A aventura é de monta e ninguém consegue resistir à tentação anual de fazer a travessia do mapa continental através dos mais recônditos e inusitados caminhos de terra no Portugal de Lés-a-Lés Off-Road! Motociclistas de todas as idades, motos de todos os tamanhos e cilindradas, homens e mulheres. Cada vez mais mulheres atraídas pela dimensão de aventura que a Federação de Motociclismo de Portugal organiza pela 5.ª vez, proporcionando experiência única para os adeptos das maxi-trail, enduristas e atá, pasme-se!, algumas bem preparadas scooters.

Em 2019, a maratona mototurística entre Vila Pouca de Aguia e a Praia de Faro está marcada para os dias 2 a 5 de outubro, com paragens na Pampilhosa da Serra e Coruche, com cerca de 300 quilómetros diários ao longo de três etapas de perfil bem diferenciado. E onde as dificuldades servirão, sobretudo, como garante da qualidade da aventura, de solidariedade e convívio.

Ocasião ímpar para colocar em prática as técnicas de condução exigidas pelo todo-o-terreno, mas sem deixar de poder desfrutar da tranquilidade e do ambiente turístico inerentes à facilidade do percurso. Que foi traçado a pensar, também, nos menos experientes ou naqueles que hesitam em aventurar-se com as motos de maior cilindrada. Uma aventura para todos, garante a FMP, que vai contar com a presença das Foxy Riders and Friend’s, grupo de motociclistas, habituadas à estrada, que aqui vão fazer a estreia nas lides do todo-o-terreno. Maria Duarte, Lita Lethal, Juliana G.P., Betty Fly e Fabiana Caldas, vão alinhar com as Honda CRF 250 X e RX, acompanhadas pelo Team Bianchi Prata/Honda, com o multi-campeão nacional de Enduro e 9 vezes finalista do Rali Dakar responsável também pela preparação da equipa feminina. Que, mesmo «com experiência zero» (Betty), «sem nunca ter andado em terra ou pisos de areia» (Juliana), ou mesmo com «algum receio de partes do percurso» (Lita), acreditam que «é ser possível chegar ao fim» (Fabiana), cumprindo um desafio enorme «sem nunca ter pensado fazer nada parecido, mesmo depois de quase 30 anos a andar de moto» (Maria).

Opiniões expressas depois do primeiro dos três estágios previstos com Pedro Bianchi Prata que, «deu para perceber que estas meninas vão cumprir o desafio e chegar ao fim do Lés-a-Lés Off-Road já que, além da habilidade para andar de moto, mostraram enorme espírito de entreajuda e um fantástico sentimento de equipa». Ocasião também para «fazer desaparecer, por completo, o pequeno receio ao embarcar neste desafio lançado pelo Carlos Cerqueira, da Honda Portugal, já que são 3 dias e mais de 900 quilómetros para alguém que nunca tinha andado de moto em fora de estrada».

As inscrições, abertas até 15 de setembro, estão limitadas a 300 participantes e mantêm o preço de anos anteriores, de 275 euros, com oferta do Cartão de Motociclista da FMP que, entre outras vantagens, oferece seguro extremamente interessante. E quem for possuidor do Cartão e Motociclista, válido à data final do evento, tem desconto de 25 € no valor da inscrição. Que podem ser efetuadas em http://www.les-a-les.com/registration/index ou presencialmente nas instalações da FMP.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Motos - Atualidade