Fiat 500X Yacht Club Capri 1.0 Turbo

Na onda marítima

TESTE

Por Paulo Sérgio Cardoso 23-05-2022 19:00

Fotos: Gonçalo Martins

Yacht Club Capri será, talvez, a mais cuidada e requintada interpretação do 500X, que também acarta consigo o peso da responsabilidade de ser a estreante versão descapotável do modelo, oferecendo prazeres de uma íntima ligação marítima através de tejadilho panorâmico em lona de acionamento elétrico.

A Fiat tornou-se especialista em dar novas vidas aos seus modelos de sucesso, em particular a todos os que giram em torno da aura 500. O 500X, por exemplo, crossover de raízes citadinas que se encontra no mercado desde 2015, conheceu já várias evoluções e séries especiais que ajudaram a alimentar a sede de novidade e a aconchegar os egos de quem procura um automóvel que se destaque na paisagem.

O nome é alusivo e associa o estilo deste crossover ao famoso e luxuoso clube naval italiano de embarcações à vela, o Yacht Club Capri. Por isso, este 500X está forrado a personalidade marítima, dominada pelos tons de azul forte da pintura exterior que tão bem se destaca e enquadra com os cremes dos cuidados revestimentos em pele que tratam de cobrir os bancos, dos painéis das portas dianteiras (também em pele) e o forro do teto. Nas costas dos bancos dianteiros, sigla ‘500’ debruada em azul contraste.

Os tapetes são específicos da versão e o punho da alavanca da caixa de velocidades com acabamento em madeira é outro dos elementos que faz a ponte para o ambiente marítimo. Quem deseje mais ainda, poderá escolher opcional faixa de madeira para cobrir o tablier, disponível por 335 €.

O tejadilho panorâmico opera-se através de botões colocados no teto, na zona do plafonier de iluminação. Nota-se que a Fiat teve especial atenção no desenvolvimento deste componente tão carismático numa série especial, com o 500X a surgir corretamente isolado de ruídos exteriores, sem lugar à intromissão de silvos aerodinâmicos ou outros ruídos estranhos que por vezes sobressaem neste tipo de capota, em especial durante viagens em autoestrada. A capota pode ser operada a qualquer velocidade de circulação, cumprindo regras de bom uso e de segurança, abrindo enorme janela panorâmica para os céus.

Depois… é só desfrutar de um carro giro! Desde que as evidências de menor modernidade não lhe compliquem as ideias numa comparação direta com a concorrência mais recente. O interior do 500X espelha já o passar dos tempos, caso dos plásticos brilhantes que revestem alguns painéis interiores das portas, do toque frio nos botões dos vidros elétricos e hastes em redor do volante, ou ainda o painel de instrumentos de quadrante analógico que conta apenas com a zona central digital de 3,5’’ entregue às (vastas) informações do computador de bordo. O sistema multimédia da geração Uconnect, introduzido na renovação da gama 500X operada em 2019, inclui navegação e mostra-se em monitor tátil de 7’’, de dimensões já pequenas para os padrões atuais. Permite ligações (via cabo USB) Apple CarPlay e AndroidAuto.

Outros equipamentos há que ajudam a apaparicar esta série especial e somam sentido prático à utilização do 500X, caso do apoio de braços central entre os bancos dianteiros, dos sensores de luz e chuva, do travão de mão elétrico, dos sensores de ajuda ao estacionamento à frente e atrás e da câmara traseira.

A posição de condução elevada irá agradar quem procure aquela sensação sobranceira sobre a estrada, mesmo que a ergonomia e enquadramento entre os ajustes do banco e do volante com os pedais obriguem já a algum compromisso de bem-estar. Saúda-se a manutenção de botões rotativos para comandar o volume do rádio e acionar a climatização automática.

A vivacidade do 1.0 turbo de 120 cv

Rodar a chave (não há lugar a botão de ignição ou chave mãos livres) acorda a pequena unidade 3 cilindros 1.0 turbo de 120 cv que se manifesta nos primeiros momentos de ação com um tom rouco e encorpado, quase desportivo! Mesmo que posteriormente se desvaneça um pouco, o certo é que a Fiat conseguiu transformar a sonoridade da arquitetura 3 cilindros numa entoação viva, intimamente ligada à subida da rotação. As relações curtas da caixa de velocidade tanto ajudam a espevitar a resposta ao pedal do acelerador como a minimizar o recurso a reduções para saídas mais vivas. Com este feitio, os consumos estão longe de ser uma referência no segmento, pelo que se conte com médias reais em torno dos 7 litros para cada 100 quilómetros – e com tendência para chegar aos 8 em ambientes citadinos.

As bonitas jantes de 18’’ com a zona central em azul calçam largos pneus Bridgestone Turanza (225/45) que ajudam a conferir estabilidade e segurança em curva, mas não se conte com muita interação dinâmica por parte do chassis ou mesmo da direção. Além de que a altura ao solo e a taragem do amortecimento, que não poderia deixar de parte alguns cuidados na manutenção do conforto, abre espaço para um algo pronunciado adornar da carroçaria em curva – o facto é que o 500X não foi feito para correrias! Os faróis LED (incluindo os de nevoeiro), o reconhecimento de sinais de trânsito e o alerta para a saída involuntária da faixa de rodagem estão incluídos no rol desta série especial.

Com imagem bem trabalhada e assente em pormenores vários que puxam (e bem!) pela vertente marítima alusiva ao Yacht Club Capri (incluindo logos exteriores, dupla saída de escape, capas de retrovisores em cinza prata e pequena faixa autocolante a quase todo o perímetro da viatura), e que ajudam a fazer esquecer a menor atualidade do modelo, esta série especial conta ainda com as benesses de uma campanha assente em desconto de 4000 € mediante a entrega de veículo para retoma. O que coloca este tão mimoso e carismático 500X – e com garantia geral de quatro anos sem limite de quilometragem – em patamar de igualdade competitiva com outros propostas mais modernas, mas menos equipadas ou personalizadas.

Preço da versão Fiat 500X Yacht Club Cabri 1.0 Turbo: 31.865 €

Campanha em vigor: desconto de 4000 € mediante retoma

Preço com campanha: 27.865 €

Ler Mais

Ficha Técnica

Caracteristicas

FIAT 500X

1.0 Turbo Yacht Club Capri

Motor
Arquitetura 3 cilindros em linha
Capacidade 999 cc
Alimentação Inj. direta, turbo, interc.
Distribuição 2 a.c.c./12 v
Potência 120 cv/5750 rpm
Binário 190 Nm/1750 rpm
Transmissão
Tração Dianteira
Caixa de velocidades Manual de 6 vel.
Chassis
Suspensão F Ind. McPherson
Suspensão T Ind. McPherson
Travões F/T Discos ventilados/Discos
Direção/Diâmetro de viragem Elétrica/11,1 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 4,264/1,796/1,582 m
Distância entre eixos 2,57m
Mala 350-1000 litros
Depósito de combustível 48 litros
Pneus F 225/45 R18
Pneus T 225/45 R18
Peso 1395 kg
Relação peso/potência 11,6 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 188 km/h
Acel. 0-100 km/h 10,9 s
Consumo médio 6 l/100 km
Emissões de CO2 146 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica 4 anos sem limite de km
Pintura/Corrosão 3/8 anos
Intervalos entre revisões 15000 km
Imposto de circulação (IUC) 137,14 €

Medições

FIAT

Acelerações
0-50 km/h 3,8 s
0-100 / 130 km/h 10,7 / 17,7 s
0-400 / 0-1000 m 17,5 / 32,2 s
Recuperações
40-80 km/h 3.ª 5,8 s
60-100 km/h 3.ª/4.ª/5.ª 6,3 s
80-120 km/h 4.ª/5.ª/6.ª 9,2 s
Travagem
100-0/50-0km/h 38,2/9,3 m
Consumos
Consumo médio 7,1 l/100km
Autonomia 676 km

Conte-nos a sua opinião 0

TESTE