BMW 740d xDrive

Até com Diesel!

TESTE

Por Paulo Sérgio Cardoso 25-06-2020 20:05

Fotos: Gonçalo Martins

O patamar de exclusividade do topo de gama Série 7 subiu de nível de intensidade na recente atualização. Como? Porquê? Desde logo, na imagem impactante da nova e proeminente grelha frontal, com avantajado duplo rim – apesar de não ser consensual –, que timbra a estética e a sofisticação da berlina de luxo da BMW. A grelha enorme contrasta com os faróis afilados, num conjunto que ganha proporções distintas face ao modelo cessante, apoiadas no aumento de 55 mm no comprimento de toda a zona frontal/capot. Atrás, igual receita de estreitar o grupo ótico de LED de efeito tridimensional, somado à (agora nova) solução de ligar os conjuntos laterais com faixa central.

bmw 740d exteriorA todo este conjunto que nasceu para ser mais confortável do que dinâmico e mais requintado do que desportivo, a BMW não deixou de fora a possibilidade de somar o Pack Desportivo M, presente na unidade testada. Este conjunto faz-se notar pelos distintos para-choques e pelo discreto logo ‘M’ atrás das rodas dianteiras. As pinças de travão em azul deixam antever sistema de travagem reforçado, além da presença de jantes específicas e de maiores dimensões, só assim podendo somar-se as de 20’’, como as da unidade testada.

Lá dentro, são os níveis de luxo e de sofisticação, apurados neste restyling do Série 7, que permitem a adoção de detalhes desportivos sem que os mesmos se sintam deslocados. Quer o volante de três raios, quer o novo painel de instrumentos digital, fazem questão de incluir a assinatura ‘M’. Por outro lado, os bancos adotados neste pack opcional são os mais ergonómicos Comfort, que se regem pelos múltiplos ajustes elétricos acrescentados aos base, onde não falta extensão de apoio para perna ou suporte lateral.

Sob o capot desta versão Diesel intermédia de gama, o 6 cilindros em linha Diesel, de 320 cv e 680 Nm, surge como figura de destaque. Se, por um lado, o alimento pode não ser o mais desejável na faceta desportiva, o certo é que o rendimento e o desempenho, em associação à caixa automática desportiva de 8 velocidades, permitem que o grande Série 7 se mexa com destreza quase impensável quando observado meramente pelo exterior.

motor bmw 740d xdriveComo prova, os números das nossas medições, bastando 5,3 segundos para lançar as duas toneladas de luxo até aos 100 km/h, e não mais que 25 segundos para dobrar o quilómetro de arranque, onde já chega a 212 km/h reais! Tudo principescamente controlado via sistema de tração integral, que não se coíbe de acrescentar o jeitinho desportivo, ao privilegiar o envio de força ao eixo traseiro.

Os modos de condução incluem duas possíveis afinações da suspensão pneumática, sem que a firmeza extra em Sport belisque o conforto de rolamento, mesmo com as rodas de 20’’ e perfil 35 no eixo traseiro! Não existem reações bruscas qualquer que seja o tipo de piso, apenas um superior controlo dos movimentos da carroçaria, com contida inclinação lateral em curva.

exterior bmw 740d xdriveDe facto, a estrutura do Série 7, com elementos em carbono e alumínio, que muito ajudam a reduzir as massas e rebaixar o centro de gravidade, como que absorve a sensação de velocidade, permitindo a este grande navio almirante navegar na máxima estabilidade e controlo a velocidades elevadas. Lá dentro, a sensação é sempre de paz, com todos os ocupantes bem acomodados, em ambiente que pode ser aprimorado por diversos programas de massagem em qualquer que seja o lugar, aquecimento ou ventilação dos bancos e ainda embalo pelo sistema de som surround assinado pela Harman/Kardon. O ambiente noturno fascina quase tanto como o diurno, com várias combinações de cores, não faltando os efeitos luminosos exteriores, com carpete desenhada nas laterais do carro, dando as boas vindas a quem se prepara para entrar nesta viatura de luxo.

bmw 740d modo sportNo programa Sport, apenas a direção poderia ganhar um pouco mais de subtileza informativa, já que até o sistema de travagem surge à altura das necessidades quando lhe é pedido potência para estancar as (elevadas) velocidades. Mas o que de facto mais surpreende é o trabalho conjunto do motor e da caixa de velocidades, que no programa de atuação desportivo responde com passagens rapidíssimas e incisivas, ajudando a somar emoção ao Diesel. O 6 cilindros em linha (arquitetura mecânica que também contribui para o equilíbrio dinâmico e precisão do eixo dianteiro) é poço de força nesta configuração com recurso a dois turbocompressores que define o 40d. A constância de binário nos baixos e médio regime contribuiu para resposta imediata, quase sem hiatos entre vontade de acelerar e ganho de velocidade, ao passo que o desempenho nos altos regimes surpreende para Diesel, só superado pela versão 50d (400 cv/760Nm), com quatro turbos.

Mas para o Série 7 ser mesmo capaz de surpreender quanto à dinâmica deve ser mais e melhor aproveitado em cenários de descontração, mesmo procurando-se velocidades elevadas. O modo de condução Adaptive, apoiado na eletrónica, afina as sensações de condução e a resposta de todos os elementos ao estilo de cada pessoa que se instalar ao volante, não faltando o desconectar da transmissão (modo vela) para que até os consumos, abaixo dos 8 l/100 km, surpreendam.

exterior bmw 740d xdriveO Série 7 não nasceu para ser desportivo – lugar ocupado pelo recentemente lançado Série 8 Gran Coupe – mas não desvirtua o lado dinâmico que é tão querido à BMW. Em particular se se juntar Diesel poderoso a imagem refinada pelo Pack Desportivo M! Os 320 cv surpreendem pela lesta aceleração, com a tração integral a transmitir superior segurança e descontração na exploração dos mesmos. Serenidade que apenas poderá ser afetada pelo tom rouco do Diesel, longe da voz afinada e total ausência de vibrações que define as unidades a gasolina da marca. O interior continua sublime na arte de bem receber, mesmo que sem contar ainda com o monitor central de maiores dimensões, de 12,3’’, que já marca presença nos SUV topo de gama – X5, X6 e X7.

Ler Mais

Ficha Técnica

Caracteristicas

BMW Série 7

740d xDrive

Motor
Arquitetura 6 cilindros em linha
Capacidade 2993 cc
Alimentação Inj. direta, biturbo, intercooler
Distribuição 2 a.c.c./24v
Potência 320 cv/4400 rpm
Binário 680 Nm/1750-2250 rpm
Transmissão
Tração Integral
Caixa de velocidades Automática de 8 velocidades
Chassis
Suspensão F Ind. duplos triângulos, pneumática
Suspensão T Eixo Multibraços, pneumática
Travões F/T Discos ventilados
Direção/Diâmetro de viragem Elétrica/12,5 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 5,120/1,902/1,467 m
Distância entre eixos 3,07m
Mala 515 litros
Depósito de combustível 78 litros
Pneus F 8jx18 - 245/50 R18
Pneus T 8jx18 - 245/50 R18
Peso 1990 kg
Relação peso/potência 6,2 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 250 km/h
Acel. 0-100 km/h 5,3 s
Consumo médio 6,7 l/100 km
Emissões de CO2 177 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica 2 anos sem limite de km
Pintura/Corrosão 3/12 anos
Intervalos entre revisões 25000 km
Imposto de circulação (IUC) 636,44 €

Medições

BMW

Acelerações
0-50 km/h 2 s
0-100 / 130 km/h 5,3/8,4 s
0-400 / 0-1000 m 13,6/25 s
Recuperações
40-80 km/h (D) 2,6 s
60-100 km/h (D) 2,9 s
80-120 km/h (D) 3,7 s
Travagem
100-0/50-0km/h 36,1/9,1 m
Consumos
Consumo médio 7,7 l/100km
Autonomia 1012 km

Conte-nos a sua opinião 0

TESTE