Com 4,688 metros, é só 14 mm mais curta do que o Classe C Station Suspensão e ESP afinados para superior dinamismo Carrinha com ‘raça’ de coupé e preço exclusivista... Da primeira geração CLA, entre as carroçarias Coupé de quatro portas e Shooting Brake, foram comercializadas cerca de 750 mil unidades Linha Progressive mais conservadora face à AMG Bagageira de 505 litros é maior que a da Classe C Station Interior ‘tirado a papel-químico’ entre todos os modelos compactos da Mercedes, onde a vasta possibilidade de personalização permitirá adequar a decoração ao gosto de cada cliente. Qualidade geral em plano de destaque Interior ‘digital’ é sinal de vanguardismo As funções do ecrã central (tátil) podem ser também geridas por este ‘touch pad’. Ao lado, teclas de atalho para os vários menus De série, instrumentação digital em ecrã de 7’’, pedindo a Mercedes 550 € por este painel maior (10’’) e com mais ‘cenário(s)’! Entre as diversas opções de configuração do veículo, é possível escolher o nível de intervenção do assistente automático de travagem 2 litros de 150 cv que anima o 200 d apenas com caixa automática de dupla embraiagem de 8 relações, que tem patilhas no volante No 200 d, variante de 150 cv do atual bloco 2.0 Diesel de origem Mercedes associado a caixa automática Ótima capacidade cujos 505 litros até superam o volume da C Station. Chapeleira enrola com toque e o portão inclui acionamento elétrico A distância entre eixos é igual à do Classe A de 5 portas, pelo que o espaço para as pernas... também. Banco rebate em 40:20:40 Bancos de formato ‘Conforto’ na Linha Progressive incluem ajuste em inclinação e extensor para superior apoio da coxa, mas oferecem parco suporte lateral. Estofos em pele em opção

Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 200d

Perfil ganhador

TESTE

Por Paulo Sérgio Cardoso 06-01-2020 11:35

Fotos: Gonçalo Martins

A Mercedes trouxe o histórico conceito Shooting Brake até aos nossos dias, estreando-o no requintado CLS, em 2004, e depois replicando-o no mais compacto e acessível CLA, em 2015. A mesma fórmula que decidiu aplicar na segunda geração do modelo baseado no Classe A, misturando coupé com station para dinamizar a imagem e adicionar a distinção premium, numa carrinha de preço elevado, não muito longe da mais madura Classe C.

Face ao sucesso da anterior geração (o mesmo não se poderá dizer relativamente ao maior CLS...), a nova CLA Shooting Brake mantém as proporções, embora tenha crescido mais uns centímetros em comprimento (4,8) e em largura (generosos 5,3), não obstante o perfil afilado seja revelador de carroçaria 2 mm mais baixa, o que muito ajuda a manter excelente coeficiente aerodinâmico, de 0.23.

Apesar do visual mais dinâmico, com distinto capot do motor, face ao simples Classe A, e ausência de molduras nas janelas das portas (ao melhor estilo coupé), a Mercedes reforçou o lado prático da Shooting Brake em relação ao modelo da anterior geração, com destaque para a superior largura do portão da mala e respetivo bocal de acesso, agora de 87,1 cm face aos 63,5 cm. De série, a tampa da mala inclui mecanismo de abertura e fecho elétrico, também possível de acionar através do comando à distância. Os revestimentos da bagageira são de excelente qualidade e a chapeleira enrola-se facilmente mediante simples toque, deixando a descoberto compartimento de carga extremamente comprido. De tal forma que pode não ser fácil chegar aos objetos que estejam colocados mais perto das costas do banco traseiro, em particular por o formato Shooting Brake como que obriga à existência de um desnível entre o plano de carga e o para-choques. O rebatimento 40:20:40 adiciona versatilidade à utilização, permitindo gerir o espaço mediante o número de passageiros e o género de objetos a transportar (cao seja mais comprido).

Embora senhora com quase 4,7 metros de comprimento, ao partilhar a distância entre eixos com a berlina Classe A, a Shooting Brake não acrescenta espaço no banco traseiro, sendo que todo o acréscimo foi transferido para a zona da bagageira e para alimentar o design esguio da carroçaria. A linha descendente do tejadilho na zona posterior do habitáculo não chega a ser incomodativa para com a acessibilidade.

A natureza coupé e aspirações desportivas fazem com que a carroçaria de CLA/CLA Shooting Brake surja rebaixada e mais próxima da estrada, o que acaba por influir (e bem) nas sensações ao volante, com a Mercedes a somar taragem específica aos amortecedores e afinação peculiar ao controlo de estabilidade (ESP). Se nada existe a apontar à dinâmica, fluída e intuitiva que resulta envolvente e direta com a estrada, a nova geração CLA muito evoluiu em conforto face ao modelo da anterior geração, tendo desaparecido aquelas pancadas mais secas que caracterizavam a atitude desportiva. Agora, a superior rigidez estrutural permite amortecimento um pouco mais brando, sem que tal afete negativamente a condução mais afincada ou crie adornar excessivo em curva. Os modos de condução do sistema Dynamic Select complementam o cocktail emotivo, ajudando a moldar as sensações às distintas respostas da direção, caixa de velocidades e motor – em opção, amortecimento variável.

As diversas possibilidades de personalização são outro dos aliciantes da atual gama de compactos da Mercedes, incluindo não só equipamentos e tecnologias, como também linhas de design que ajudam a vincar a personalidade da carroçaria e o ambiente interior. No caso da unidade ensaiada, presença da linha Progressive (2600 €), um pouco mais conservadora face à mais vista AMG, incluindo, entre outros, para-choques específicos, jantes raiadas de 18’’, faróis de tecnologia LED, climatização automática e volante multifunções (100% circular e com aplicações em preto brilhante). Os bancos, de formato Conforto, embora incluam diversos ajustes, pecam por ausência de suporte lateral, talvez exacerbado pelos (opcionais) revestimentos em pele presentes.

Bem melhor, o ambiente interior dominado pelos elementos digitais do painel central (tátil) e instrumentação, em zona única e plana, embora seja necessário investir no Pack Premium (3500 €) para que se crie o efeito hi-tech da unidade ensaiada, com diversas personalizações e incluindo sistema de navegação e excelente grafismo. De série, o sistema MBUX, dominado por software de Inteligência Artificial que permite uma quase conversação aquando a utilização de comandos por voz. Mas nunca esquecer que dizendo a palavra «Mercedes» o sistema ativa-se automaticamente, esperando por mais comandos...

A versão 200 d está a cargo de motor Diesel de 2 litros e 150 cv que trabalha em conjunto com a caixa automática de dupla embraiagem e 8 velocidades, motivando a condução despachada fruto das excelentes performances. A caixa tanto inclui função velejar para minimizar os consumos (que poderão rondar os 5 litros), como no modo Sport e mediante as patilhas no volante permite ótima exploração de motor sempre lesto a subir de rotação e capaz de abraçar o dinamismo inerente a uma carrinha tão distinta e cara.

Não restam dúvidas quanto à diferenciação estética e imponência de uma carrinha com proporções desportivas, em formato derivado de coupé, em que até os vidros das portas dispensam molduras. Mas também é certo que a CLA Shooting Brake é baseada no Classe A, ou seja, de interior bem mais apertado face, por exemplo, a uma C Station (de outra configuração, incluindo tração traseira), com curto diferencial de preço... O CLA é modelo para quem procura distinção aliada a dinâmica mais sensorial.

Ler Mais

Ficha Técnica

Caracteristicas

MERCEDES CLA

Shooting Brake 200d

Motor
Arquitetura 4 cilindros em linha
Capacidade 1950 cc
Alimentação Inj. direta CR, TGV, intercooler
Distribuição 2 a.c.c./16v
Potência 150 cv/3400-4400 rpm
Binário 320 Nm/1400-3200 rpm
Transmissão
Tração Dianteira
Caixa de velocidades Automática 8 velocidades c/ dupla embraiagem
Chassis
Suspensão F Ind. McPherson
Suspensão T Ind. Multibraços
Travões F/T Discos ventilados/Discos
Direção/Diâmetro de viragem Elétrica/11,1 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 4,688/1,830/1,442 m
Distância entre eixos 2,729m
Mala 505-1370 litros
Depósito de combustível 43 litros
Pneus F 6.5jx16 - 205/60 R16
Pneus T 6.5jx16 - 205/60 R16
Peso 1570 kg
Relação peso/potência 10,5 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 221 km/h
Acel. 0-100 km/h 8,4 s
Consumo médio 4,2 l/100 km
Emissões de CO2 128 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica 2 anos sem limite de km
Pintura/Corrosão 3/30 anos
Intervalos entre revisões 25000 km
Imposto de circulação (IUC) 224,33 €

Medições

MERCEDES

Acelerações
0-50 km/h 3 s
0-100 / 130 km/h 8/13,1 s
0-400 / 0-1000 m 15,9/29,1 s
Recuperações
40-80 km/h (D) 3,8 s
60-100 km/h (D) 4,8 s
80-120 km/h (D) 5,7 s
Travagem
100-0/50-0km/h 37,1/9,2 m
Consumos
Consumo médio 5,8 l/100km
Autonomia 741 km

Conte-nos a sua opinião 0

TESTE