Opel Combo 1.5 Life 1.5 D

Não fosse o estigma...

TESTE

Por João da Silva 06-04-2019 13:00

Fotos: Gonçalo Martins

Espaço com fartura para pessoas e bagagens, soluções de versatilidade e funcionalidade ótimas, mecânicas económicas e preço atrativo. Eis um resumo do que a Opel propõe com o Combo Life, um automóvel desenvolvido, nesta 5.ª geração, em primeiro lugar assumidamente de passageiros e só depois derivando para versões comerciais e de transporte de mercadorias.

O Combo Life utiliza plataforma moderna, a EMP2 do Grupo PSA (proprietário da Opel, recorde-se) que também serve o Citroën Berlingo e o Peugeot Rifter – contando ainda com suspensões e motores partilhados com o seu parente de marca, o SUV Grandland X.

O novo modelo da Opel está disponível em variante standard, com carroçaria de 4,4 metros de comprimento total, e uma variante com carroçaria 35 cm mais longa, apresentando duas portas laterais traseiras de correr que muito facilitam o acesso ao muito espaçoso habitáculo proposto com cinco bancos individuais e inúmeros locais de arrumação que farão certamente as delícias de três categorias de compradores.

Desde logo, famílias com filhos, que podem assim transportar de forma ordenada toda a tralha e mais alguma. Depois, será automóvel útil a quem utilizar como armazém ou escritório ambulantes, ou praticantes de desportos radicais como surf, skate, windsurf, entre outros. Todas pranchas e outros objetos cabem a bordo.

Acrescentem-se compartimentos fechados, um por cima da instrumentação, outro, mais pequeno, em frente à caixa de velocidades, e ainda mais um aberto a toda a largura do automóvel, por cima do para-brisas, sem referir o mais convencional (e obrigatório) porta-luvas e outro arrumo por cima deste, no tablier, também com tampa. Isto só para referirmos os locais de arrumação na zona dianteira do veículo, pois há muitos mais no resto do habitáculo.

Depois, a configuração de três lugares independentes à retaguarda permite diversas configurações, pois os bancos podem ser rebatidos individualmente a partir do compartimento de bagagens. Acresce que cada lugar conta com fixações Isofix de cadeiras de criança, permitindo colocar três cadeiras lado a lado. À atenção das família com três filhos pequenos com idades muito aproximadas.

A bagageira tem 597 litros de capacidade. Dificilmente se poderia pedir mais, mas, e já nem se fala dos 2126 litros com todos os bancos traseiros rebatidos, em que se torna de autêntico comercial.

Gostámos da solidez do habitáculo do novo Combo, que revela um cuidado que confirma ter sido inicialmente pensado para passageiros e não para mercadorias, pois os revestimentos são de melhor qualidade e os acabamentos são melhores do que em gerações anteriores deste multiusos alemão.

A posição de condução também revela melhorias, embora ainda fiquemos demasiado sentados, próximos de como vamos em veículos comerciais, em alguns monovolumes e até em SUV mais antigos. Por isso, o posto ao volante do Combo Life não deve ser entendido como um defeito, considerando a conceção intrínseca a estes veículos. No resto, todos os comandos estão bem posicionados para que o condutor não sinta desconforto aos comandos do automóvel.

O Opel Combo Life que testámos estava equipado com motor 1.5 turbodiesel com 100 cv e 250 Nm, uma unidade honesta e que permite uma utilização tranquila da viatura nas suas atribuições, embora se note, em algumas ocasiões, uma escassez de potência para o peso do automóvel. Nada que não possa ser colmatado com o recurso às relações mais baixas da caixa manual de 5 velocidades, mas que acaba por penalizar um pouco o conforto e a fluidez da condução.

Os consumos são interessantes, sendo a média de 6 litros a cada 100 quilómetros. Longe, é certo, dos 4,2 l/100 km anunciados, mas ainda assim um registo aceitável num automóvel pesado e com aerodinâmica ingrata. Registe-se o bom nível de refinamento do carro, em termos de ruído e de filtragem de irregularidades, lombas sonoras ou buracos, bem como a segurança dinâmica global.

Ler Mais

Ficha Técnica

Caracteristicas

OPEL COMBO

1.5 Life 1.5 D Enjoy

Motor
Arquitetura 4 cilindros em linha
Capacidade 1499 cc
Alimentação Inj. direta CR, TGV, Intercooler
Distribuição 2 a.c.c./16v
Potência 100 cv/3500 rpm
Binário 250 Nm/1750 rpm
Transmissão
Tração Dianteira
Caixa de velocidades Manual de 5 velocidades
Chassis
Suspensão F Ind. McPherson
Suspensão T Eixo de torção
Travões F/T Discos ventilados/Discos
Direção/Diâmetro de viragem Elétrica/10,8 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 4,403/1,848/1,796 m
Distância entre eixos 2,785m
Mala 597 - 1414 - 2126 litros
Depósito de combustível 50 litros
Pneus F 6,5jx16- 205/60 R16
Pneus T 6,5jx16- 205/60 R16
Peso 1412 kg
Relação peso/potência 14,12 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 175 km/h
Acel. 0-100 km/h 12,7 s
Consumo médio 4,2 l/100 km
Emissões de CO2 129 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica 2 anos sem limite km
Pintura/Corrosão 2/12 anos
Intervalos entre revisões 30000 km
Imposto de circulação (IUC) 146,79 €

Medições

OPEL

Acelerações
0-50 km/h 3 s
0-100 / 130 km/h 13,3/23,8 s
0-400 / 0-1000 m 18,8/34,9 s
Recuperações
40-80 km/h 3.ª 7 s
60-100 km/h 3.ª/4.ª/5.ª 7,6/9,7/18 s
80-120 km/h 4.ª/5.ª/6.ª 11,2/15 s
Travagem
100-0/50-0km/h 38,6/9,9 m
Consumos
Consumo médio 6,1 l/100km
Autonomia 819 km

Conte-nos a sua opinião 0

TESTE