Dacia Logan MCV Stepway DCI 90

E resulta!

TESTE

Por Vítor Mendes da Silva 19-08-2018 08:51

Fotos: Gonçalo Martins

A ‘fórmula’ parece resultar: as versões Stepway já representam mais de 50% do total de vendas da gama Dacia no nosso país; mais de 60% das vendas do popular Sandero são Stepway e cerca de metade dos monovolumes Lodgy entregues têm o badge que distingue esta variante mais ‘aventureira’. No Logan MCV, além da distância ao solo aumentada em 5 cm, o suficiente para encarar estradões de terra batida com outro à vontade, há as habituais aplicações laterais em plástico que protegem a carroçaria de pedradas ou da vegetação mais densa. Na dianteira e na traseira, as proteções são em cromado acetinado, iguais às barras de tejadilho longitudinais, que são de série e que lhe conferem ar mais modernaço, apesar das linhas sóbrias e sem grandes truques de estilo. Menos ‘morna’ está também a apresentação do interior, mesmo sem inovações importantes. Além dos logótipos específicos que identificam a série Stepway nos encostos dos redesenhados bancos, a grande novidade é mesmo o muito prático ecrã táctil de sete polegadas para controlar quase todas as funções do sistema MEDIA Nav Evolution, com tecnologia Bluetooth e navegação com visualização 2D e 3D (birdview).

Depois, há novos materiais na consola central, novos revestimentos nas portas e um novo volante de quatro braços. Existe agora uma bolsa de arrumação para telemóvel, um porta-objetos na parte lateral da consola e um novo espaço para uma garrafa na consola central. Atrás, os passageiros passam a ter disponível uma tomada de 12 V para carregamento de dispositivos portáteis. Mas, em ergonomia não se poderá pedir o mesmo apuro da relação com o preço. Aliás, é assumida a imagem de menor modernidade ou mesmo de inferior qualidade de construção e montagem, com privilégio à simplicidade em detrimento do supérfluo. A funcionalidade continua a ser a característica dominante, destacando-se a instrumentação simples e intuitiva, tanto na legibilidade como no manuseamento. E se a qualidade do interior se mantém condizente com o posicionamento de baixo custo do modelo, no espaço para os passageiros e na bagageira não há poupança… 

A mais acessível carrinha do segmento B, apresenta cotas habitáveis de fazer inveja a alguns dos melhores players na categoria acima, espacialmente desafogada em comprimento, sobretudo no espaço para pernas dos passageiros traseiros. Mais trunfos de ordem racional, mala com bons acessos e capacidade para ótimos 573 litros (mais 52 litros que na mala da carrinha Mégane, por exemplo…), volumetria que pode ser aumentada até aos 1.518 litros com o rebatimento dos bancos traseiros. A versão mais aventureira do Logan MCV apresenta-se com recurso conhecido sob o capot, o motor 1.5 dCi de 90 cv e 220 Nm, que está acoplado a caixa manual de 5 velocidades bem escalonada, mas com seletor que não é brilhante em precisão. Felizmente, o motor facilita o trabalho da transmissão, pois há força em todos os regimes. O bloco não é o mais refinado, mostrando-se sempre audível, também revelando insonorização insuficiente.

Dinamicamente, a carrinha romena destaca-se por apresenta pisar sólido, com alguma estabilidade, mesmo mostrando comprometimento exagerado com a comodidade, que tem como consequência oscilações desestabilizadoras da carroçaria. O amortecimento também é macio, com ligações ao solo de curso bastante amplo, sobressaindo a competência para filtrar as irregularidades do piso, mesmo no trem posterior que monta esquema simplista com eixo de torção. E, atenção, à medida que a superfície em que roda se torna mais irregular, menos parece sofrer com vibrações e algumas sacudidelas mais secas, reforçando a perceção de solidez estrutural de produto que foi pensado para… resistir. Só a direção, não convence, durinha e pouco informativa, demasiado filtrada.

Ler Mais

Ficha Técnica

Caracteristicas

DACIA LOGAN

MCV STEPWAY DCI 90

Motor
Arquitetura 4 cilindros em linha
Capacidade 1461 cc
Alimentação Inj. direta, Turbo, Intercooler
Distribuição 1 a.c.c./8v
Potência 90 cv/3750 rpm
Binário 220 Nm/1750 rpm
Transmissão
Tração Dianteira
Caixa de velocidades Manual de 5 vel.
Chassis
Suspensão F Ind. McPherson
Suspensão T Eixo de torção
Travões F/T Discos ventilados/Tambores
Direção/Diâmetro de viragem Elétrica/10,7 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 4,501/1,733/1,519 m
Distância entre eixos 2,634m
Mala 573-1518 litros
Depósito de combustível 50 litros
Pneus F 6,5jx16-205/55 R16
Pneus T 6,5jx16-205/55 R16
Peso 1178 kg
Relação peso/potência 13 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 170 km/h
Acel. 0-100 km/h 13 s
Consumo médio 3,9 l/100 km
Emissões de CO2 100 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica 3 anos/100.000 km
Pintura/Corrosão 3/12 anos
Intervalos entre revisões 30000 km
Imposto de circulação (IUC) 143,17 €

Medições

DACIA

Acelerações
0-50 km/h 3,6 s
0-100 / 130 km/h 11,8 s
0-400 / 0-1000 m 18,1 s
Recuperações
40-80 km/h 3.ª 6,6 s
60-100 km/h 3.ª/4.ª/5.ª 7/9,6/18,9 s
80-120 km/h 4.ª/5.ª/6.ª 10,7/16,3 s
Travagem
100-0/50-0km/h 35,1/9,3 m
Consumos
Consumo médio 5,2 l/100km
Autonomia 961 km

Conte-nos a sua opinião 0

TESTE