Citroën ressuscita o 2CV Fourgonnette

Atualidade

Por AF 03-10-2022 17:00

O carroçador italiano Caselani, à boleia da tendência pelo vintage, que consiste em reviver um automóvel de culto, beneficiando-o da modernidade dos equipamentos e das performances de um veículo do presente, partiu do atual Citroën Berlingo para reviver o mítico 2CV Fourgonnette, lançado em 1951 e comercializado nos mais diversos derivativos até 1987.

Trata-se de uma reinterpretação que traça um paralelo entre o sucesso do modelo que foi pioneiro das fourgonnettes e o do Berlingo comercial, que tem sido um dos principais intervenientes no seu segmento desde o seu lançamento em 1996 – nas três gerações, mais de 1.891.196 unidades vendidas.

Este exercício de estilo para o Berlingo foi confiado pela Caselani ao designer David Obendorfer, profissional que já em 2017 tinha desenhado o novo Typo H, proposta baseada no Citroën Jumper, e depois o novo Type HG, com base no Jumpy/SpaceTourer, em 2020. Assim, a gama de furgões Citroën com assinatura Caselani está, à data, completa.

"O caderno de encargos não implicava retomar as formas do antigo furgão em ‘stricto sensu’, mas sim a dar um passo atrás no tempo para restaurar o seu charme único, num veículo do século XXI. O Berlingo, como seu descendente distante, foi a escolha perfeita para fazer um aceno ao 2CV dos anos 50. Este foi um desafio emocionante, uma vez que o furgão original tinha proporções completamente diferentes das do Berlingo: uma projeção frontal muito curta, um capô muito alongado e uma área de carga visualmente independente. Por isso, preferi transcrever um aspeto evocativo global do veículo original, em vez de trabalhar individualmente em cada elemento de conceção, a fim de lhes dar o espírito do 2CV Fourgonnette", explica David Abendorfer, Designer da Caselani.

O Berlingo 2CV Fourgonnette, inspira-se então nos míticos 2CV comerciais da década de 50, apresentando-se com uma secção dianteira completamente redesenhada para lhe conferir as caraterísticas visuais do antigo 2CV. Os escudetes, os guarda-lamas e os pára-choques foram substituídos por novas peças em fibra de vidro adaptadas à estrutura, sendo fixadas por clipes e parafusos. A montagem destes elementos é realizada nas instalações de Caselani no norte de Itália, na Lombardia.

Velhos são os trapos

À época, o 2CV Fourgonnette agitou o seu segmento graças ao seu look e às suas performances. A versão comercial podia atingir uma velocidade média de 40 a 50 km/h e transportar até 250 kg de mercadorias, para além do condutor, com um volume útil de 1,88 m3.

Hoje, a tradicional sonoridade do motor de dois cilindros e o orifício na grelha para a manivela já não estão presentes. Naturalmente, o Berlingo 2CV Fourgonnette oferece o melhor da atualidade em termos de conforto, espaço, modularidade e segurança.

O Berlingo 2CV Fourgonnette pode transportar 3 pessoas (5 na de passageiros), desloca-se com muito maior rapidez, e é bem maior, como comprovam a sua capacidade de carga, que quadruplicou para 1 tonelada, e o seu volume útil, que quase triplicou para 4,4 m3.

A versão comercial está disponível com o motor Diesel 1.5 BlueHDi e com o bloco a gasolina 1.2 PureTech, podendo receber a caixa automática EAT8 e contando, até, com uma versão elétrica com uma autonomia máxima de 275 km sem ruídos e vibrações, sem perder nada em volume útil de carga e com capacidade para se recarregar até 80% da bateria em 30 minutos num posto de carregamento público. O ë-Berlingo Van oferece as funções de carregamento diferido e pré-condicionamento térmico, permitindo a regulação da temperatura no habitáculo.

As encomendas do Citroën Berlingo 2CV Fourgonnette serão abertas no dia 1 de outubro e a produção arranca em janeiro de 2023.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade