Porsche cresce 13% nas vendas mundiais

Atualidade

Por AUTO FOCO 15-10-2021 16:14

Até setembro deste ano, a Porsche cresceu 13% nas vendas efetuadas em todo o mundo. «A procura tem sido muito elevada e continuou a sê-lo durante o terceiro trimestre deste ano. Estamos muito satisfeitos por termos tido a capacidade de fornecer tantos automóveis aos nossos clientes durante os primeiros 9 meses do ano», diz Detlev von Platen, do Conselho Executivo de Vendas e Marketing da marca.

O Porsche Cayenne é o modelo de maior sucesso, tendo sido entregues 62.451 unidades no total, logo seguido pelo Macan com 61.944 unidades, este último com um aumento de 12% face ao ano passado.

O Taycan (100% elétrico) atingiu 28.640 modelos vendidos, praticamente ao mesmo nível do icónico 911 que alcançou 27.972 unidades (mais 10% do que em 2020).

O 718 Boxster e o 718 Cayman atingiram 15.916 unidades e o Panamera mantém uma performance comercial semelhante à da do ano anterior: 20.275 exemplares com 1% de aumento.

O maior crescimento ocorreu nos EUA com a Porsche a entregar 51.615 veículos, ou seja, mais 30% do que em igual período de 2020. O forte posicionamento na América do Norte também se reflete nos estudos de mercado da J.D. Power, os quais consideram a Porsche como a marca «premium» mais atrativa. Em todo o continente americano, a Porsche vendeu 63.025 modelos, mais 29% do que em 2020.

Na China, registo de 69.789 veículos (mais 11%) e nos mercados da Ásia-Pacífico, África e Médio-Oriente foram atingidas 97.841 unidades (mais 12%). Na Europa, venderam-se 56.332 veículos, apenas mais 2% do que no ano anterior. Na Alemanha, entre janeiro e setembro, aumento de 9% com 19.099 unidades comercializadas.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade