Defender a hidrogénio chega à estrada no final do ano

A Land Rover também trabalha na investigação da pilha de combustível que transforma o hidrogénio em eletricidade a bordo do automóvel. Defender equipado com a tecnologia chega à estrada no final do ano.

Vídeos

Por VM 15-06-2021 11:41

No desenvolvimento da geração nova do Defender, apenas a 2.ª desde a introdução do original, em abril de 1948, a Land Rover não deixou pedra sobre pedra, transformando o icónico puro e duro num TT luxuoso e sofisticado, mudança que não significou a perda de competências no ‘off-road’ mais exigente. Ao contrário, a marca britânica anuncia mais e melhores capacidades para evoluir em fora de estrada, graças à combinação de estrutura monobloco em alumínio com os recursos técnicos mais modernos. Nas motorizações, abertura à eletrificação, primeiro com tecnologia elétrica microhíbrida (MHEV) estreada no Range Rover Evoque e, mais recentemente, com híbrido com recarga externa das baterias (PHEV).

Próxima etapa: a pilha de combustível. A Land Rover acelera em direção ao objetivo de emissões zero até 2036 com o projeto Zeus, programa de desenvolvimento de versão do Defender a hidrogénio, para movimentar-se rápida e silenciosamente, emitindo tão-somente vapor de água. A tecnologia, para “complementar os veículos movidos a bateria”, estará na estrada até ao ano, altura em que a marca já terá o primeiro protótipo em testes dinâmicos, em colaboração com a Delta Motorsport, a AVL e a Marelli Automotive Systems.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Vídeos