Seat vai vacinar contra a COVID-19

Com disponibilidade de vacinas em maior número na região espanhola da Catalunha, a SEAT S.A. ofereceu ao Governo catalão os seus recursos de saúde para vacinar a população contra a COVID-19.

Atualidade

Por VM 14-05-2021 14:02

Numa primeira fase, com o objetivo de ajudar a acelerar o processo de vacinação pública, a empresa começou ontem (13 de maio) a imunizar um grupo de trabalhadores com mais de 50 anos de idade, que se encontram no grupo atual do plano de vacinação do Governo catalão, a começar pelos com mais de 58 anos de idade.

Em novas instalações, que serão incluídas nos centros de vacinação existentes, nos próximos dias, o Governo catalão e a SEAT esperam poder estender a imunização a mais pessoas que vivem ou trabalham na área do Baix Llobregat, com o objetivo de acelerar o plano de vacinação de toda a população.

Tradição na saúde

A empresa tem uma longa história no campo da saúde ocupacional e dispõe de instalações médicas e uma centena de profissionais de saúde que estão preparados para assumir imediatamente esta tarefa com as mais altas garantias.

Desde 2017, a empresa tem a CARS, um centro de saúde pioneiro que fornece medicina preventiva, de assistência e reabilitação, a quase 20.000 trabalhadores da SEAT S.A. e do Grupo Volkswagen em Espanha, colaborando com o sistema de saúde pública. Além disso, a empresa tem vindo a vacinar os seus trabalhadores contra a gripe há anos, em coordenação com o Departamento de Saúde do Governo catalão.

A marca também se colocou à disposição da sociedade no início da pandemia para contribuir na luta contra o coronavírus e para ajudar o sistema de saúde, com o fabrico de ventiladores e máscaras faciais, bem como a realização de testes PCR em todos os seus trabalhadores.

A SEAT S.A. também ofereceu duas autocaravanas CUPRA adaptadas para uso na área da saúde, que espera poder colocar em breve em funcionamento como unidades móveis de vacinação sempre que necessário.

Todo o processo de vacinação será realizado sob o rigoroso controlo do Ministério da Saúde catalão e em conformidade com o plano estabelecido pelas autoridades sanitárias.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade