Hamilton: sexta vitória em Espanha e 98.ª no Mundial

Fórmula 1

Por José Caetano 09-05-2021 15:35

Lewis Hamilton, pouco mais de 24 horas depois de comemorar a 100 ‘pole position’ na Fórmula 1 e garantir a primeira posição na grelha de partida para a ronda do Mundial de 2021, ganhou o Grande Prémio de Espanha. O piloto da Mercedes-AMG venceu pela 3.ª vez em quatro corridas esta temporada, somando o 6.º triunfo no Circuito de Barcelona-Catalunha – 5.º consecutivo! –, um registo que iguala outro recorde do alemão Michael Schumacher, e o 98.º da carreira!

 

Esta vitória de Hamilton, indiscutível, começou a desenhar-se só na segunda metade da corrida com 66 voltas. O inglês perdeu o comando para Max Verstappen, da Red Bull-Honda, logo após o arranque, mas a Mercedes-AMG, conhecedora tanto da capacidade do piloto como da qualidade do monolugar, socorreu-se de estratégia arriscada, que foi bem-sucedida e surpreendeu os rivais: à 42.ª volta, realizou paragem extra nas boxes e montou pneus novos no W12 do britânico.

 

A manobra colocou Hamilton mais de 22 segundos atrás de Verstappen, mas o campeão do Mundo adotou ritmo de qualificação e, recuperando mais de 1,5 segundos por volta ao comandante da corrida, apanhou o piloto da Red Bull-Honda na volta 59 e passou-o na travagem para a primeira curva da 60. Numa tentativa de minimização dos estragos, quase de imediato, os austríacos pararam Max pela 2.ª vez e montaram pneus macios novos no RB16B, o que acabou por garantir-lhe a volta mais rápida da corrida, que vale um ponto de bónus – e, ‘grão a grão’, ganham-se campeonatos!

 

Na 3.ª posição, sempre distante dos dois primeiros, terminou o finlandês Valtteri Bottas – e, assim, pela 16.ª vez, os três pilotos encontraram-se no pódio de corrida do Mundial de Fórmula 1. Mais atrás, referência para a 4.ª posição de Charles Leclerc, em Ferrari, à frente de Sergio Pérez, no segundo Red Bull-Honda.

 

Em Espanha, ganhando, Hamilton somou mais seis pontos à vantagem para Verstappen na classificação do Mundial de Pilotos, ampliando-a de oito para 14.

 

Classificação

1.º Lewis Hamilton, Mercedes-AMG, 1:33.07,680 h

2.º Max Verstappen, Red Bull-Honda, +15,041 s

3.º Valtteri Bottas, Mercedes-AMG, +26,610 s

4.º Charles Leclerc, Ferrari, +54,616 s

5.º Sergio Pérez, Red Bull-Honda, a 1.03,671 m

6.º Daniel Ricciardo, McLaren-Mercedes, a 1.13,768 m

7.º Carlos Sainz Jr., Ferrari, a 1.14,670 m

8.º Lando Norris, McLaren-Mercedes, a 1 volta

9.º Esteban Ocon, Alpine-Renault, a 1 volta

10.º Pierre Gasly, AlphaTauri-Honda, a 1 volta

11.º Lance Stroll, Aston Martin-Mercedes, a 1 volta

12.º Kimi Räikkönen, Alfa Romeo-Ferrari, a 1 volta

13.º Sebastian Vettel, Aston Martin-Mercedes, a 1 volta

14.º George Russell, Williams-Mercedes, a 1 volta

15.º Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo-Ferrari, a 1 volta

16.º Nicholas Latifi, Williams-Mercedes, a 1 volta

17.º Fernando Alonso, Alpine-Renault, a 1 volta

18.º Mick Schumacher, Haas-Ferrari, a 2 voltas

19.º Nikita Mazepin, Haas-Ferrari, a 2 voltas

 Volta mais rápida: Max Verstappen, Red Bull-Honda, com 1.18,149 s, na volta 62

Próximo Grande Prémio (5.º de 23), Mónaco, no dia 23

 

Mundial de Pilotos

1.º Lewis Hamilton, 94 pontos

2.º Max Verstappen, 80 pontos

3.º Valtteri Bottas, 47 pontos

4.º Lando Norris, 41 pontos

5.º Charles Leclerc, 40 pontos

6.º Sergio Pérez, 32 pontos

7.º Daniel Ricciardo, 24 pontos

8.º Carlos Sainz Jr., 20 pontos

9.º Esteban Ocon, 10 pontos

10.º Pierre Gasly, 8 pontos

11.º Lance Stroll, 5 pontos

12.º Fernando Alonso, 5 pontos

13.º Yuki Tsunoda, 2 pontos

14.º Kimi Räikkönen, 0 pontos

15.º Antonio Giovinazzi, 0 pontos

16.º Sebastian Vettel, 0 pontos

17.º George Russell, 0 pontos

18.º Mick Schumacher, 0 pontos

19.º Nicholas Latifi, 0 pontos

20.º Nikita Mazepin, 0 pontos

 

Mundial de Construtores

1.º Mercedes-AMG, 141 pontos

2.º Red Bull-Honda, 112 pontos

3.º McLaren-Mercedes, 65 pontos

4.º Ferrari, 60 pontos

5.º Alpine-Renault, 15 pontos

6.º AlphaTauri-Honda, 10 pontos

7.º Aston Martin-Mercedes, 5 pontos

8.º Alfa Romeo-Ferrari, 0 pontos

9.º Williams-Mercedes, 0 pontos

10.º Haas-Ferrari, 0 pontos

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Fórmula 1