Alfa Romeo Giulia GTAm no palco das emoções

Atualidade

Por VM 19-04-2021 09:51

No Autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Imola, à margem das emoções do Grande Prémio de F1, a Alfa Romeo celebrou a estreia do Giulia GTAm, mostrado pela primeira vez com a carroçaria vermelha definitiva.

O modelo superdesportivo do Biscione, cujo logótipo já se destaca nos fatos de competição dos pilotos da equipa Alfa Romeo Racing ORLEN, foi o convidado especial na zona das boxes, ao lado de Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi.

A par do seu “irmão” GTA, o Giulia GTAm desempenha o papel de herdeiro do Giulia Gran Turismo Alleggerita de 1965, um dos automóveis de maior sucesso na história da Alfa Romeo. Graças à frutífera sinergia com a equipa suíça da Sauber Engineering, o Giulia GTAm adota soluções técnicas e aerodinâmicas que são uma referência no mundo da competição e da Fórmula 1, como a utilização de materiais ultraleves e componentes em fibra de carbono para melhorar a relação peso/potência e otimizar a aerodinâmica, ou as jantes de 20” de um único perne, solução típica entre os monolugares de F1, mas um exclusivo nos modelos de estrada atualmente em comercialização.

Mais potência; menos peso

No Alfa Romeo Giulia GTAm, variante otimizada do motor V6 de 2.9 litros biturbo que equipa o Quadrifoglio, mas com potência ‘esticada’ aos 540 cv (mais 30 cv), e utilização massiva de materiais nobres como a fibra de carbono para especial contenção do peso. Encontramo-la no spliter dianteiro e na asa traseira, no capot, no para choques e nos guarda lamas.

O escape Akrapovic é construído em titânio, com dupla saída central e as jantes de 20 polegadas são de aperto central, uma estreia num Alfa Romeo de estrada.

Entre as otimizações, ainda as vias dianteira e traseira alargadas em 50 mm e suspensões com novas molas e amortecedores.  

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade