Portugueses perdem paixão pelos automóveis

Estudo revela que apenas 1 em cada 2 portugueses afirma gostar de automóveis e a maioria dá mais importância ao telemóvel.

Atualidade

Por VM 04-03-2021 11:40

Já só 43% dos portugueses dizem gostar de automóveis. Em 2017, os resultados do Observador Cetelem Automóvel diziam-nos que 9 em cada 10 pessoas tinham uma boa ou muita boa imagem do automóvel. Mas a relação esta a esfriar…

Estudo de 2021 revela que apenas 1 em 2 portugueses afirma gostar de automóveis e apenas um quarto considera ser um verdadeiro amante do veículo.

Destaque para a relação de causalidade entre a paixão pelo automóvel e o nível de rendimentos, isto é, são as famílias com maior poder de compra que tendem a exprimir maior paixão e entusiasmo pela beleza da mecânica, duas vezes mais do que as que têm rendimentos mais baixos (32% vs. 19%).

No entanto, é uma relação que tende a permanecer duradoura. Na europa, questionados sobre a importância do automóvel, 51% consideram-no muito importante; no resto do mundo, o valor sobe para 56%. Já em Portugal, esta importância é ainda mais acentuada e o valor atinge os 73%.

Relativamente à ligação dos inquiridos com os seus bens (numa escala de 1 a 10), a média é de 7,1, atrás do telemóvel (8.0), a casa (8.5) e tão valorizado como o computador portátil (7.1).

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade