Benavides dedica vitória a Paulo Gonçalves

Rali Dakar

Por Redação 12-01-2021 16:38

Kevin Benavides, que venceu esta terça-feira a nona etapa do rali Dakar na categoria de motas, dedicou o triunfo a Paulo Gonçalves, o piloto português que faleceu durante a prova do ano passado.

«A vitória desta etapa é em homenagem ao meu amigo Paulo, ao Speedy, hoje cumpre-se um ano do seu falecimento. Sinto muito a falta dele, queria ganhar a etapa e e dedicá-la», começou por escrever o piloto argentino nas suas redes sociais.

Quando cheguei, disseram-me que o meu irmão Luciano Benavides tinha caído. Embora esteja muito feliz por ter ganhado, fico muito triste porque sei o que treinou e como estava preparado. Mando forças também para Toby Price, que também teve um acidente hoje», acrescentou. 

Paulo Gonçalves morreu há um ano, na sétima etapa da prova, depois de uma queda ao quilómetro 276. O motociclista de 40 anos, foi encontrado caído e foi ativado o helicóptero médico, mas nada houve a fazer. Foram detetadas lesões graves na cabeça, pescoço e coluna, que terão sido a causa da morte do piloto que era muito querido em toda a comunidade do Dakar. 

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 3

AguiadosCéus
12-01-2021 18:00

... Deixaria de ser Desporto? Quem perpetrava, não continuava a ser um «Praticante Desportivo»? Então, o que mudava?

AguiadosCéus
12-01-2021 17:05

DESPORTO EM MUDANÇA. Repare-se na FOTO. Em como ela antecipa a mudança no Desporto. ONDE ESTÁ O HUMANO? Onde está o Corpo anatómico e molecular do Ser-Humano? Ninguém o vê. Presumimos que está dentro de toda aquela panóplia tecnológica. E se fosse um ROBOT. E o praticante que o perpetrava, fora dele

tf1952
12-01-2021 16:53

Os HOMENS, são assim,

Rali Dakar