Ativista Hamilton à frente no Bahrein

Fórmula 1

Por José Caetano 28-11-2020 08:37

A Fórmula 1, di-lo o campeão do Mundo, Lewis Hamilton, tem missão que é obrigação: combater o desrespeito pelos direitos humanos! O piloto britânico da Mercedes disse-o antes do arranque do programa da 15.ª ronda do Mundial de 2020, no Bahrein, país no Golfo Pérsico acusado, recentemente, de opressão e tortura. «O protagonismo que temos obriga-nos a fazer mais pela promoção da igualdade e da liberdade», declarou…

Depois do encontro com os média que antecedeu o primeiro dos dois grandes prémios em fins de semana consecutivos no país na região do Golfo Pérsico, o ativista dirigiu-se à garagem da escuderia heptacampeã mundial, vestiu o fato de competição, colocou o capacete e, aos comandos do Mercedes-AMG F1 W11 n.º 44 arrasou a concorrência nas duas sessões de treinos livres no circuito de Sakhir.

Hamilton, no programa matinal, percorreu 5,412 km em 1.29,033 m, superiorizando-se a Bottas, companheiro de equipa, por 0,0449 s. No vespertino, que começou com luz natural e terminou sob iluminação artificial, Lewis foi ainda mais veloz: 1.28,971 m.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 6

RF.Silva
28-11-2020 20:44

Crom_messi pk o messi anda para ai a promover a igualdade? Isso ja parece doença

zulu1
28-11-2020 19:41

A Cor doi Melhor de todos os tempos Hamilton.

Crom_Messi
28-11-2020 18:02

Mais vale um hipocrita a gritar verdades msm que seja em nome da vaidade que um suposto bom homem calado pq o assunto nao é com ele. A estrela de turim jamais diria nada pq teria medo de perder o dinheiro dos patrocinadores arabes .

Ivaaaa
28-11-2020 11:54

Baosa99 patético es tu com esse comentário patético. Ao menos ele está a tentar fazer alguma coisa para melhorar o mundo. Já agora tu fazes oque?

K4rt0l4s
28-11-2020 11:48

Este senhor bate records até na hiporcrisia...

< 1 2 > 

Fórmula 1