Tribunal francês diz que emblemas da Polestar e Citröen 'confundem'

Atualidade

Por Auto Foco 31-10-2020 19:25

O arranque de carreira do Polestar 2 na Europa está a ser difícil. Após o anúncio de recolhas das primeiras unidades do modelo comercializadas nos mercados mais importantes do Velho Continentes – em Portugal, a marca de automóveis elétricos autónoma da Volvo só deverá chegar em 2022 -, devido a aparentes erros de 'software' que levam os veículos a parar em circunstâncias imprevistas, em França, as vendas da berlina foram impedidas em consequência de processo judicial movido pela Citroën em 2019.

De acordo com o The Connexion, a Citroën considera que o logótipo da Polestar colide com o seu ‘double chevron’, marca obviamente registada (na foto) e um tribunal, recentemente, terá dado razão ao fabricante francês. Como parte do veredicto, a Polestar terá de pagar 150.000 euros à Citroën e suspender as vendas, pelo menos, por seis meses.

Aquela publicação noticiou ainda que a proibição de vendas da marca sueca pode ser prolongada se as duas marcas não chegarem a um acordo.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade