Grande Prémio de Portugal: Lewis Hamilton na 'pole position'!

Corrida no Circuito de Portimão amanhã; às 13h10, arranque para as 66 voltas da 12.ª ronda do Mundial de 2020

Fórmula 1

Por José Caetano 24-10-2020 15:38

Lewis Hamilton garantiu a ‘pole position’ para o Grande Prémio de Portugal, a ronda 12 do Mundial de Fórmula 1 de 2020. O britânico da Mercedes-AMG, com 1.16,652 m nos 4,653 km do Circuito de Portimão, impôs-se ao companheiro de equipa, Valtteri Bottas, por 0,102 s e conseguiu a 97.ª primeira posição numa grelha de partida – 9.ª este ano. A escuderia hexacampeã do Mundo venceu as 12 qualificações realizadas esta temporada, nove vezes com Hamilton e três com Bottas.

 

No Autódromo Internacional do Algarve (AIA), confirmação do domínio dos Mercedes, com a 13.ª ‘pole position’ consecutiva da Fórmula 1. O recorde é de 24, da Williams, entre a França-1992 e o Japão-1993 e a melhor sequência da escuderia campeã do Mundo é de 23, entre Inglaterra-2014 e Itália-2015.  Não menos importante: este ano, pela nova vez em 12 corridas, os alemães colocaram os dois monolugares na primeira linha da grelha de partida. O Grande Prémio de Portugal realiza-se amanhã, com o arranque às 13h10 para as 66 voltas ao Circuito de Portimão.

 

Na segunda linha, atrás de Hamilton e Bottas, encontrar-se-ão Max Verstappen, em Red Bull Honda, e Charles Leclerc, em Ferrari. O holandês terminou a qualificação a 0,252 s de Lewis, enquanto o piloto monegasco confirmou o sucesso das alterações introduzidas pelos italianos no SF1000, gastou apenas mais 0,438 s na volta ao circuito no Algarve e igualou a melhor qualificação do ano, repetindo no AIA a 4.ª posição em Silvestone (Grã-Bretanha) e no Nürburgring (Eifel).

 

Amanhã, Lewis Hamilton tem a (primeira) oportunidade de tornar-se o piloto mais bem-sucedido na história da Fórmula 1, com 92 vitórias, depois de igualar o registo histórico de 91 triunfos de Michael Schumacher na 11.ª etapa do Mundial-2020, o Grande Prémio do Eifel, no Nürburgring, na Alemanha.

 

Resultados da qualificação (e grelha de partida provisória)

1.º Lewis Hamilton, Mercedes-AMG, 1.16,652 m

2.º Valtteri Bottas, Mercedes-AMG, +0,102 s

3.º Max Verstappen, Red Bull-Honda, +0,252 s

4.º Charles Leclerc, Ferrari, +0,438 s

5.º Sergio Pérez, Racing Point-Mercedes, +0,571 s

6.º Alexander Albon, Red Bull-Honda, +0,785 s

7.º Carlos Sainz Jr., McLaren-Renault, +0,868 s

8.º Lando Norris, McLaren-Renault, +0,873 s

9.º Pierre Gasly, AlphaTauri-Honda, +1,151 s

10.º Daniel Ricciardo, Renault, 1.17,481 m

11.º Esteban Ocon, Renault, 1.17,614 m

12.º Lance Stroll, Racing Point-Mercedes, 1.17,626 m

13.º Daniil Kvyat, AlphaTauri-Honda, 1.17,728 m

14.º George Russell, Williams-Mercedes, 1.17,788 m

15.º Sebastian Vettel, Ferrari, 1.17,919 m

16.º Kimi Räikkönen, Alfa Romeo-Ferrari, 1.18,201 m

17.º Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo-Ferrari, 1.18,323 m

18.º Romain Grosjean, Haas-Ferrari, 1.18,364 m

19.º Kevin Magnussen, Haas-Ferrari, 1.18,508 m

20.º Nicholas Latifi, Williams-Mercedes, 1.18,777 m

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Fórmula 1