Mercado europeu cresce pela primeira vez desde início da pandemia

Atualidade

Por Auto Foco 16-10-2020 17:08

O mercado automóvel europeu recuperou ligeiramente em setembro, o primeiro mês de crescimento desde o início da pandemia, em março, ganhando 3,1% em comparação com o período homólogo de 2019, anunciou a Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis (ACEA), em comunicado.

Nos nove meses deste ano, 7,06 milhões de automóveis novos de passageiros foram matriculados nos países da ACEA, quase 2,7 milhões menos do que no mesmo período de 2019 (-28,8%). A ACEA espera uma queda histórica de 25% em 2020.

Antes da pandemia, em janeiro, a organização, que agrupa 16 fabricantes ativos na Europa, previa um declínio de 2%, após seis anos consecutivos de crescimento.

Após uma queda das vendas de 55,1% em março e 76,3% em abril, devido ao confinamento, as 933.987 unidades comercializadas em setembro ajudam à lenta recuperação que se prevê, e que foi impulsionada no último mês pelos bons resultados em Itália (9,5%) e na Alemanha (8,4%). No acumulado do ano, os saldos continuam bastante negativos entre os maiores mercados da União Europeia (UE): Espanha (-38,3%); Itália (34,2%), França (28,9%) e Alemanha (25,5%).

Entre os fabricantes na UE, o Grupo Volkswagen, líder de vendas (1.812.437 unidades até setembro) cresceu 9% no nono mês, atenuando o saldo negativo do ano (-26,8%). Segue-se, no segundo lugar, o Grupo PSA, cujas matrículas caíram 11,8% (-35,8% desde o início do ano) e o Grupo Renault que subiu 9,7% (-30,8%), fechar o pódio.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade