Ares Project S com base no Corvette C8

Atualidade

Por Vitor M. da Silva 29-10-2020 14:05

O preparador italiano, Ares Design, vive o momento mais empolgante de uma história que começou a contar-se ainda em 2014, quando Dany Bahar fundou nos arredores de Modena a empresa especializada na modificação de superdesportivos, modelos de coleção e carros exóticos. O empresário suíço de origens turcas, que esteve nos arranques da Red Bull Racing e da Toro Rosso na F1, passou pela Ferrari e chegou a assumir a direção na Lotus, deixou meio mundo de queixo caído com a apresentação recente do seu Panther ProgettoUno, a espetacular reinterpretação moderna do icónico De Tomaso, sobre a base técnica de um Lamborghini Huracán. E já tem novo ‘fora de série’ na rampa de lançamento.

O estúdio que venceu recentemente processo em tribunal contra a Ferrari pelos direitos sobre o nome e a imagem do mítico 250GTO, colocou em pausa os seus projetos especiais de recuperação de lendas da indústria, para dedicar-se a transformação de máquina moderna. O “S Project” é automóvel de linhas super-arrojadas construído sobre a base técnica do Corvette C8, modelo de que herda também chassis, a transmissão de oito velocidades e o motor V8 da Chevrolet, com 6,8 litros de capacidade e potência ‘esticada’ aos 715 cavalos. O binário máximo de 969 Nm é atingido às 5150 rpm – ‘redline’ às 9000 rpm.

Supercarro acessível

As mexidas operadas na mecânica são segredo guardado a sete chaves pelo preparador. “São tudo modificações mecânicas, não é possível fazer isso por software”, afirmou Bahar em entrevista ao Top Gear, onde explicou que o conceito por trás das criações da Ares não é igual ao dos construtores de hipercarros no mercado.

“Fizemos muita pesquisa de mercado, e todos querem ser o mais rápido, o mais leve, o mais espalhafatoso, blah blah blah. Nós um carro simples de conduzir, um carro divertido”, e acrescenta: “Muitos dos clientes com que falámos têm medo de conduzir os seus LaFerrari, Nio EP9 e Koenigsegg, porque são tão potentes que a sua condução já não é divertida”.

O Ares S terá produção limitada a apenas 24 unidades, por preço que ronda os 500 mil euros.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade