Animal de pista: Essenza SCV12 é o Lamborghini mais potente de sempre

Depois de inúmeras aparições em imagens ‘teaser’, ainda com a carroçaria coberta por densa camuflagem, é oficial: o Essenza SCV12 é o mais potente na história do fabricante fundado em 1963. Produzir-se-á em edição limitada a apenas 40 anos e destina-se apenas à condução em circuitos.

Atualidade

Por VM 30-07-2020 16:35

Produzido pela Lamborghini Squadra Corse, divisão que prepara todas as máquinas de competição da marca italiana do Grupo VW, aproveitando todos os conhecimentos adquiridos nas corridas de GT, o Essenza (significa essência em italiano) é o herdeiro espiritual de hipercarros míticos como o Diablo GTR ou o Miura Jota, destina-se a utilização exclusiva em circuito e estreia o V12 mais possante já fabricado em Sant’Agata Bolognese. Desta mecânica naturalmente aspirada com 6,5 litros de capacidade, os engenheiros da Squadra Corse conseguiram extrair incríveis 830 cv, entregues no trem posterior, que integra a nova sequencial de seis velocidades da X-trac, como elemento estrutural do chassis, solução que reduz o peso, permite aumentar a rigidez e beneficia a distribuição de massa entre os eixos.

A suspensão traseira tem uma configuração “push-rod” (ligada diretamente à caixa de velocidades) e, para este hiperdesportivo, a Pirelli desenvolveu pneus ‘slick’, que os italianos montaram em jantes de magnésio (dimensões: 19” à frente, 20” atrás). O sistema de travagem é da Brembo Motorsport, desenvolvidos especialmente para o Essenza SCV12.

Admissão forçada a alta velocidade

Desenhado no Lamborghini Centro Stile, em Sant’Agata Bolognese, Itália, o SCV12 apresenta um sistema que os responsáveis do programa de desenvolvimento designam de “sobrealimentação aerodinâmica a alta velocidade”. Este sistema assenta numa tomada de ar dupla no ‘capot’ e numa nervura central que direciona o fluxo do ar para a conduta de admissão no tejadilho. Assim, aproveitando-se o movimento do automóvel, direciona-se a pressão de ar dinâmica para aumentar a pressão de ar estática no coletor de admissão. E, criando-se um maior fluxo de ar no propulsor, aumentam-se potência e prestações. Para sonoridade a condizer, o modelo monta ainda sistema de escape desenvolvido pelos especialistas da Capristo.

O pacote aerodinâmico também inclui um proeminente repartidor dianteiro, aletas laterais, aletas verticais nas saias laterais e, na traseira, asa traseira de grandes dimensões. A maioria dos componentes são fabricados em fibra de carbono, material que combina leveza com resistência. Contas feitas, o valor do “downforce” a 250 km/h atinge incríveis 250 km/h. É superior ao de GT3!

1,66 cv/kg, vigilância 24 horas por dia e ginásio…

No SCV12, mais soluções específicas ‘importadas’ da competição e desenvolvidas pela equipa de engenheiros da Squadra Corse, incluindo o chassis em fibra de carbono, que é novo - favorece a relação peso/potência (1,66 cv/kg, de acordo com o construtor) e melhora dinâmica na condução em circuito.

No cockpit, volante multifunções com ecrã inspirado nos dos monolugares de F1 e banco OMP específico, fabricado em fibra de carbono e com homologação FIA.

O SCV12 produzir-se-á nas instalações da Squadra Corse em Sant’Agata Bolognese, em edição hiperlimitada. Os proprietários tornar-se-ão membros de um clube muito exclusivo com acesso a programas de pilotagem avançada nalguns dos circuitos mais famosos do Mundo, com a assistência técnica da Squadra Corse e sob monitorização de Emanuele Pirro, piloto que ganhou cinco edições das 24 Horas de Le Mans. A marca disponibiliza ainda programa específico para quem prefira guardar o seu hipercarro num armazém especialmente criado para o efeito com ‘boxes’ personalizadas e serviços especiais, desde sistema de câmara a permitir observar o automóvel 24 horas por dia através de uma aplicação a preparador físico, que segue à risca o programa dos pilotos profissionais da marca.

 

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade