Vendas de ligeiros de passageiros diminuem 74,7% em maio

Atualidade

Por Auto Foco 01-06-2020 21:33

Em maio, na comparação com o mesmo mês do ano passado, as vendas de automóveis ligeiros no mercado nacional diminuíram 74,7%, para 5741 unidades. No acumulado do ano, também no frente a frente com os primeiros cinco meses de 2019, a quebra nas matrículas atingiu uma redução de 47,9%, para 53.772 viaturas.

 

Os números da Associação Automóvel de Portugal (ACAP) referem-se apenas às matrículas e não aos registos de propriedade, por isso não transmitindo uma imagem totalmente fidedigna do impacto da pandemia da COVID-19 no comércio de carros novos, seguramente (ainda) maior do que o anunciado.

 

A Mercedes-Benz foi a marca que mais automóveis ligeiros de passageiros matriculou em maio (756), o que não impediu uma diminuição de 46,5% nas vendas da marca alemã no nosso País. A Renault acabou o mês na 2.ª posição, com 601 viaturas (-81,1%) e a Peugeot na 3.ª, com 576 (-76,5%). No acumulado de 2020, Renault no topo da tabela, com 6239 carros (-54,8%), número que corresponde a quota de mercado de 11,6%, ‘contra’ os 13,37% no período homólogo de 2019.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade