Elétrico de 1914 cv da Rimac confirmado no final de 2020

Atualidade

Por Auto Foco 29-11-2019 20:31

O Rimac C_Two está cada vez mais próximo de entrar em produção. O fabricante croata revelou que os seus engenheiros e pilotos de testes passaram o último mês a ultimar o desenvolvimento do superdesportivo elétrico.

A Rimac anuncia que a mais recente ronda de testes dinâmicos centrou-se na otimização do chassis do C_Two, em especial a configuração da suspensão e nos pneus a adotar. No entanto, também confirmaram que o trabalho ainda não foi concluído e que continuará a desenvolver o protótipo (exemplar único) no Nardò Technical Center, na Itália, e noutros locais.

A empresa diz que esses testes permitirão "ajustar todos os aspetos do supercarro antes do lançamento e das entregas aos clientes, no final do próximo ano". O modelo de produção está previsto ser apresentado no Salão de Genebra de 2020, em março próximo.

O Rimac C-Two terá bateria de 120 kWh e quatro motores elétricos, um por cada roda, e com potência total de 1914 cv e binário máximo de 2300 Nm. De acordo com o fabricante croata, a aceleração 0-100 km/h deverá demorar apenas 1,85 segundos e a velocidade máxima 412 km/h.

Apesar do desempenho impressionante, a autonomia não é condicionada, anunciando-se nos 550 km (ciclo WLTP). A empresa também afirmou que o C_Two, que terá um nome diferente para a produção, poderá completar duas voltas completas de Nürburgring com potência máxima, graças ao seu sistema de "gestão térmica excecional".

A produção será limitada a 150 unidades e, de acordo com a Auto News Europe, o preço começará em 2,2 milhões de euros.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade