Marca mais valiosa: Toyota

Em 2019, no ‘top-100’ mundial da tabela BrandZ, apenas três fabricantes de automóveis

Opinião

Por José Caetano 03-07-2019 09:00

Regularmente, também sobre automóveis, publicam-se estudos com resultados mais e menos objetivos, dependendo dos parâmetros adotados... O mais recente chama-se BrandZ e é elaborado desde 2006, todos os anos, pela especialista em estratégias de comunicação e estudos de mercado Millward Brown, que conta com a colaboração de mais de 650.000 consumidores e profissionais em 31 países. Base de dados excecional para o cálculo e a comparação da notoriedade (ou do valor de cerca de 23.000 marcas em todo o Mundo!). Esta ferramenta permite-lhe a elaboração de top-100. No de 2019, somente três fabricantes na lista, contra os cinco de 2018 e os seis de 2017.


Concentrando-nos nas marcas de automóveis, Toyota em 1.º na tabela, repetindo posição que ocupou em 12 dos 14 anos do BrandZ – as exceções à regra registaram-se em 2010 e 2012, anos em que a marca nipónica foi apenas… 2.ª! Este resultado deve-se à expressão global do fabricante com gamas competitivas nos quatro cantos do Mundo.

Complementarmente, nipónicos recompensados pelo investimento precoce em tecnologias alternativas, com a híbrida como ponta de lança. O Prius foi introduzido em 1997 e esse pioneirismo premeia-se com pontos na notoriedade.


No top-100 de 2019, onde não aparecem Ford e Honda, ao contrário do que aconteceu o ano passado, a Toyota é apenas 41.º, com desvalorização de 3% na comparação com 2018, para 29.151 milhões de dólares, o que explica a perda de cinco lugares na tabela. Globalmente, o setor automóvel perdeu ainda mais (7%), consequência direta da travagem das vendas de carros novos na China (o ano passado, pela 1.ª vez em duas décadas, menos em vez de mais). Simultaneamente, indústria muito pressionada pela mudança de paradigma, depois de mais de 100 anos de domínio das mecânicas térmicas, com a imposição de eletrificação supercondicionada pelas limitações da infraestruturas de carregamento e insuficiência na produção de baterias.


Os outros fabricantes de automóveis entre as 100 maiores marcas do Mundo em 2019 são Mercedes e BMW. Ambas desvalorizaram 9% e perderam oito lugares, na comparação com 2018, com a 1.ª na 54.ª posição, com 23.355 milhões de dólares, e a 2.ª na... 55.ª, com 23.326 milhões de dólares. No top-10 da categoria, novidade no 10.º posto: pela 1.ª vez, Porsche na tabela. Na valorização, VW 1.ª! A recuperar do escândalo da manipulação dos gases de escape em motores Diesel, acelerou 12%, sustentada pelo compromisso de eletrificação!

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Opinião