Dieselgate: tribunal checo obriga VW ao pagamento de indeminizações recorde

Atualidade

Por VM 20-06-2019 16:47

Um grupo de advogado conseguiu que um tribunal de Praga estabelecesse valor para indeminizações aos proprietários lesados com o escândalo dos motores fraudulentos da VW.

Segundo ficou estabelecido por aquela instituição, a marca alemã deverá pagar 8550 euros por afetado, o valor mais alto deste caso em tribunais europeus.

O processo foi apresentado pela "Safe Diesel" em nome de 2.435 pessoas. A organização foi criada para enfrentar o caso dos reclamantes.

A decisão, ordenando que a VW pague o valor total, está aberta a recurso, mas apenas por motivos processuais.

"É um avanço no ramo europeu do caso", disse Frantisek Honsa, advogado da "Safe Diesel", em comunicado. "Conseguimos fazer a mesma compensação que nos Estados Unidos.", concluiu.  

A Volkswagen já comunicou que vai apelar.

Na Alemanha, Porsche multada em 535 milhões

Magistrados do Ministério Público de Estugarda, na Alemanha, impuseram uma multa de 535 milhões de euros à Porsche por negligenciar as obrigações de supervisão ligadas às emissões Diesel.

Os causídicos afirmaram que a multa foi aplicada depois de serem detetadas “negligências no controlo de qualidade”. A Porsche não recorreu da decisão e emitiu um comunicado em que confirmou a multa e que os procedimentos da justiça contra a empresa tinham terminado.

A marca Porsche nunca desenvolveu motores Diesel, mas os seus responsáveis não conseguiram supervisionar adequadamente a sua utilização nos veículos da marca, o que esteve na origem da investigação, explicou a Porsche.

"Concluir este processo é outro passo importante para acabar com a questão dos Diesel", pode ler-se no comunicado da Porsche. "No outono de 2018, a Porsche anunciou o abandono dos motores Diesel e está totalmente focada no desenvolvimento de motores a gasolina de vanguarda, motorizações híbridas de alta performance e na mobilidade elétrica".

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade