'Downforce' é quase igual ao peso do Koenigsegg Jesko

Atualidade

Por Auto Foco 15-04-2019 18:10

Pouco depois de o Koenigsegg Jesko ter celebrado a estreia mundial no Salão de Genebra, o seu fabricante levou o supercarro a Lucerna, na Suíça, para a primeira sessão fotográfica de exterior.

O Jesko, substituto ‘hardcore’ Agera RS alinha na gama do construtor sueco com o Regera e na especificação com kit de aerodinâmica mais elabotado (com a enorme asa traseira que se vê nas imagens) produz 1400 kg de ‘downforce’ em velocidade máxima (que não foi revelada nesta especificação, mas que com o kit de aerodinâmica de base é superior, atingindo 482 km/h), quase tanto peso como o da massa total do superdesportivo, que é de 1420 kg.

O motor é um V8 com dois turbocompressores auxiliados por um pequeno compressor elétrico que lhe adiciona ar a partir de um reservatório de 20 litros. O objetivo é eliminar o ‘turbo lag’ e permitir uma resposta instantânea do acelerador.

O motor de cinco litros pode funcionar a gasolina sem chumbo de alta octanagem, debitando 1280 cv e 1000 Nm, ou com biocombustível E85 (mistura de 85% de etanol e 15% de gasolina pura, que é vulgarmente comercializado na Suécia) aumentando-lhe o rendimento para 1600 cv e 1500 Nm.

A potência é enviada para as rodas traseiras através da nova transmissão da Koenigsegg (Light Speed ??Transmission) de nove velocidades com embraiagens húmidas que, segundo a marca sueca, assegura passagens de caixa diretas entre as engrenagens. Além disso, este componente mecânico pesa apenas 90 kg, tornando-o o mais leve entre congéneres de produção em série.

Koenigsegg ainda não divulgou números de aceleração para o Jesko.   

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade