Michelin e Faurecia querem ser lideres da mobilidade pelo hidrogénio

Atualidade

Por Auto Foco 15-03-2019 14:10

O fabricante de pneus Michelin e a Faurecia, produtor de componentes para a indústria automóvel, anunciaram a assinatura de um “memorando de entendimento” para criar uma ‘joint venture’ que aglutine todas as atividades relacionadas com as pilhas de combustível que até agora as duas empresas desenvolviam individualmente.

A nova firma, especializada em soluções relacionadas com o uso do hidrogénio, passa a ser propriedade, em partes iguais, da Faurecia e da Michelin. Esta ‘joint venture francesa’ desenvolverá, produzirá e comercializará sistemas de células de combustível de hidrogénio para automóveis ligeiros, camiões e outras aplicações.

A Faurecia e a Michelin estão convictas da “importância da tecnologia do hidrogénio na busca de uma mobilidade sem emissões”, e da “necessidade de criar uma forte indústria, francesa e europeia, em torno deste combustível”. Ambas as empresas pretendem “dar forma a um líder mundial em sistemas de pilhas de combustível de hidrogénio”, combinando os ativos existentes e complementares que cada grupo possui. Esta simbiose permitirá “que a nova empresa ofereça, de forma imediata, uma gama única de sistemas de células de combustível de hidrogénio para diferentes utilizações”.

A contribuição da Michelin para a ‘joint venture’ será a atividade da Symbio, uma filial do consórcio desde 1 de fevereiro de 2019, e fornecedor de sistemas de células de combustível de hidrogénio associados a uma gama de serviços digitais, assim como as suas próprias atividades de I+D e produção.

A Faurecia trará a experiência tecnológica em células de combustível que desenvolveu através de uma parceria estratégica com a CEA, além do seu conhecimento industrial e das suas relações estratégicas com os fabricantes de automóveis. A Faurecia prosseguirá o seu desenvolvimento de depósitos de hidrogénio de alta pressão em parceria com a Stelia Aerospace Composites, do que também beneficiará a nova joint venture.

Florent Menegaux, diretor geral executivo e futuro presidente do grupo Michelin, explica: "Esta inovadora parceria facilitará o desenvolvimento da mobilidade através do hidrogénio, abrindo caminho a uma nova forma de mobilidade sustentável. Dou as boas vindas à aliança entre a Michelin e a Faurecia, incorporando a Symbio como ativo estratégico próprio. O objetivo final é desenvolver uma oferta de mobilidade completa para veículos de hidrogénio, desde células de combustível até serviços de manutenção".

Patrick Koller, CEO da Faurecia, comenta: "Estou muito satisfeito por ter assinado este acordo estratégico com a Michelin para criar o líder mundial na mobilidade com hidrogénio. A nossa visão conjunta, assim como a complementaridade dos nossos conhecimentos tecnológicos, acelerará o lançamento no mercado de sistemas eficientes de pilhas de combustível adaptados a diferentes utilizações. A nossa ambição conjunta é criar um centro de excelência para a mobilidade do hidrogénio em França, combinando de forma gradual as nossas atividades".

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Atualidade