Por dentro da aerodinâmica e das performances do Ferrari F8 Tributo

Vídeos

Por Auto Foco 14-03-2019 19:14

A Ferrari revelou um vídeo com os detalhes da aerodinâmica e da performance do seu novo superdesportivo, o F8 Tributo, recentemente estreado no Salão de Genebra.

Desde logo, o motor, versão otimizada do V8 biturbo de 3,9 litros produzido pela Farrari, que ganhou o prémio “International Engine of the Year” – Motor do Ano Internacional - nos últimos três anos. No F8, tem 720 cv, potência que é idêntica à do 488 Pista.

Além do motor, uma rigorosa restrição de peso garantiu que o F8 Tributo pese 40 kg menos do que o 488 GTB, que substitui. Parte dessa redução de massa vem precisamente da maior leveza do motor – em consequência do referido aperfeiçoamento -, o óculo traseiro em Lexan (um policarbonato) e o spoiler posterior em fibra de carbono.

Entre os aspetos mais importantes do desempenho do F8 estão os mais recentes desenvolvimentos dos sistemas F1-Trac, E-Diff e SCM-E, da Ferrari. Além destes, o superdesportivo dispõe da tecnologia Ferrari Dynamic Enhance Plus que ajusta automaticamente as maxilas dos travões aos discos.

A aerodinâmica também teve um papel fundamental na conceção do F8 Tributo. Na traseira, o novo spoiler está mais inclinado a aumentar a força descendente, foi instalado no fundo plano um difusor dianteiro totalmente revisto para melhorar eficiência aerodinâmica e otimizar a refrigeração dos travões. E existem geradores de vórtice na parte inferior da carroçaria e ainda um difusor traseiro ativo para melhorar também a força descendente em curvas e, por outro lado, reduzir o arrasto, beneficiando a aceleração e a velocidade máxima.

Tal como acontece com todos os seus antecessores, o Ferrari F8 Tributo não permanecerá o Ferrari V8 de motor central mais rápido por muito tempo, já que uma variante mais ‘hardcore’ inevitavelmente estará a caminho.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Vídeos