Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Ford Focus SW 1.5 Ecoblue ST Line Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation

Ford Focus SW 1.5 EcoBlue ST-Line vs Opel Astra ST 1.6 Turbo D Innovation

Afinal, há futuro para as carrinhas

CONFRONTO

Por João da Silva 02-03-2019 12:00

Fotos: Gonçalo Martins

A nova carrinha Focus cresceu 11,2 centímetros em comprimento face à antecessora, totalizando agora 4,67 metros. Este crescimento traduz-se numa melhoria do desafogo para as pernas dos passageiros do banco traseiro, que usufruem agora de 72 centímetros entre o encosto do seu banco e as costas dos bancos dianteiros, mais quatro centímetros do que antes. Não há muitas carrinhas compactas com índices superiores.

No caso do Opel Astra Sports Tourer, o espaço em comprimento para pernas é inferior em 4 centímetros. A vantagem da carrinha da Ford regista-se também na largura, quer à frente (mais 4 cm), quer atrás (mais 2). Diferenças há a referir, ainda, na comodidade de quem ocupa o lugar do meio por causa do túnel central: o do Focus é bastante baixo em relação ao do Astra, pelo que há maior facilidade em arrumar os pés no primeiro. Quanto ao resto, tratam-se de dois automóveis onde é possível acomodar três pessoas de forma aceitável nos lugares traseiros, até porque o lugar do meio não tem, em ambos, grandes saliências no assento e encosto. Não são, naturalmente, lugares normais, mas também seria injusto dizer que são desconfortáveis.

Recuando um pouco mais até às bagageiras, há que elogiar, desde logo, o fantástico crescimento de 118 litros na volumetria do compartimento do Focus SW, que passou de 490 para 608 na configuração de 5 lugares e de 1516 para 1653 litros com o rebatimento total dos encostos dos lugares traseiros (também rebatíveis na proporção 60:40), operação que pode ser efetuada através do botão da nova função Easy Fold Seats, oferecendo, assim, piso totalmente plano. Neste segmento, apenas Skoda Octavia Break e Kia Ceed SW têm mala maior. Perante o que acabámos de escrever, é fácil de deduzir que a bagageira do Opel Astra ST é menor: são nada mais, nada menos, do que 68 litros face ao compartimento do Focus SW, um valor significativo quando avaliamos produtos assumidamente pensados para as famílias. Com o rebatimento dos encostos dos bancos traseiros (60:40), a mala do Opel estica para 1630 litros (apenas 23 abaixo do Ford), mas nota-se a falta de sistema que permita realizar esta operação a partir da bagageira. Contudo, no compartimento de carga há que destacar o prático sistema FlexOrganizer de calhas laterais e redes divisórias que facilita o acondicionamento de volumes.

Na zona dianteira do habitáculo, e começando pelo Ford, encontramos materiais bons (borrachas moles) intercalados com menos bons (plásticos rijos), numa conceção globalmente sólida e bem terminada. Nota bastante elevada merece a ergonomia, nomeadamente a colocação do ecrã central acima do tablier através de uma solução flutuante que aconselhamos, pois evita que o condutor desvie demasiado os olhos da estrada ou que tenha que afastar muito a mão do volante para operar o sistema de infoentretenimento. Elogios, ainda, para a posição de condução, a qual permite ao condutor ficar perfeitamente enquadrado com volante, pedais e demais instrumentos.

O habitáculo do Astra imita o do Ford no nível de qualidade, com materiais globalmente de bom nível e montagem rigorosa e cuidada. Optámos por tirar-lhe um ponto na ergonomia devido à colocação do ecrã numa posição mais baixa. Atenção, não é má, mas a do Focus é melhor e isso tem que ser valorizado pontualmente. Gostámos também da posição de condução, a qual não tem falhas, bem como dos bancos, que são forrados a pele e tecido de série no nível de equipamento Innovation, uma vantagem face ao revestimento exclusivamente em tecido dos bancos do Ford. Há forro a couro em opção, que custa 760 €. E já que falamos de equipamentos, de notar que o Ford tem pontuação superior ao Opel no equipamento de conforto por causa da caixa automática, a qual entendemos pontuar neste item. Contudo, o Astra tem diversos elementos a mais, como a chave mãos livres (381 €) a câmara traseira de ajuda ao estacionamento e o sistema de estacionamento automático, equipamentos que a Ford propõe em opção, por 407 €.

Quanto às mecânicas, igualdade na arquitetura (4 cilindros) e tipo de alimentação e ligeira dissemelhança na cilindrada e potência. O 1.5 EcoBlue do Focus SW tem 1,5 litros e 120 cv, enquanto o Turbo D do Astra ST tem 1,6 litros e 110 cv, copiando-se no binário máximo de 300 Nm. Divergências há, ainda, nas caixas de velocidades, com caixa automática de 8 velocidades no Ford e manual de 6 no Opel, condição que desde logo torna a condução do primeiro mais cómoda.

Depois, em aceleração, vantagem do automóvel mais potente, que no clássico 0-100 km/h demora menos 1,7 segundos que o rival. Tendo em conta a caixa de velocidades que equipa o Focus e, portanto, a melhor gestão do binário disponível, é também o carro do emblema da oval azul que melhor recupera, como se pode comprovar através das medições que publicamos na ficha técnica. Contudo, todo esse desembaraço paga-se nos consumos, com o Opel a ganhar vantagem de 0,6 litros na média apurada aos cem quilómetros.

E aproveitamos o Astra estar em alta p ara referir que é também o automóvel alemão o mais confortável dos dois, qualidade que alia, aliás, a comportamento exemplar em curva – a direção elétrica, com assistência progressiva, convence em precisão – e, de uma forma geral, garantindo compromisso ótimo entre eficácia e conforto, mesmo se se note alguma sensibilidade em mau piso. Mas nada que se compare à sensibilidade revelada pela Focus SW equipada com pneus de 18’’ que prejudicam bastante a comodidade quando o piso está degradado ou na transição de lombas sonoras ou buracos. Por outro lado, que maravilha é levar ao limite este magnífico chassis num encadeamento de curvas ou numa rotunda mais larga, onde os contidos movimentos da carroçaria e o enorme controlo dinâmico garantem momentos muito divertidos. E isto com motor Diesel só com 120 cv.

Não é difícil encontrar justificações para a vitória do Focus SW, que só espanta na verdade por tão apertada. A carrinha da Ford, produto moderníssimo, tem vastos argumentos de valor, começando desde logo pela habitabilidade e volumetria da bagageira, uma das maiores do segmento; depois, o comportamento dinâmico é referencial, sendo a carrinha mais divertida de guiar da categoria; por fim, no caso concreto deste confronto, conta com caixa automática que lhe garante acelerações e recuperações bastante mais rápidas que as do rival, o Astra ST, uma carrinha competentíssima e que, apesar de menos potente, vendeu cara a derrota.

Ler Mais

Ficha Técnica

Características

FORD FOCUS

SW 1.5 Ecoblue ST-LINE

OPEL ASTRA

ST 1.6 Turbo D Innovation

Motor
Arquitetura 4 cilindros em linha 4 cilindros em linha
Capacidade 1500 cc 1598 cc
Alimentação Inj. dir. CR, TGV, intercooler Inj. direta CR, TGV, Intercooler
Distribuição 2 a.c.c./16v 2 a.c.c./16v
Potência 120 cv/3600 rpm 110 cv/3500 rpm
Binário 300 Nm/1750-2250 rpm 300 Nm/1750-2000 rpm
Transmissão
Tração Dianteira Dianteira
Caixa de velocidades Automática de 8 vel. Manual de 6 vel.
Chassis
Suspensão F Ind. McPherson Ind. McPherson
Suspensão T Eixo de torção Eixo de torção
Travões F/T Discos ventilados/Discos Discos ventilados/Discos
Direção/Diâmetro de viragem Elétrica/11 m Elétrica/11 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 4,378/1,979/1,471 m 4,702/1,842/1,510 m
Distância entre eixos 2,7 m 2,662 m
Mala 608 - 1603 litros 540-1630 litros
Depósito de combustível 47 litros 48 litros
Pneus F 7,5jx18-235/45 R18 7,5jx17-225/45 R17
Pneus T 7,5jx18-235/45 R18 7,5jx17-225/45 R17
Peso 1454 kg 1403 kg
Relação peso/potência 12,11 kg/cv 12,75 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 191 km/h 195 km/h
Acel. 0-100 km/h 10,5 s 11,4 s
Consumo médio 4,5 l/100 km 4,5 l/100 km
Emissões de CO2 120 g/km 120 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica 2 anos sem limite de km 2 anos sem limite de km
Pintura/Corrosão 3/12 anos 2/12 anos
Intervalos entre revisões 30000 km 30000 km
Imposto de circulação (IUC) 145,05 € 145,05 €

Medições

FORD

Acelerações
0-50 km/h 3,2 s
0-100 / 130 km/h 10,1 s
0-400 / 0-1000 m 17,1 s
Recuperações
40-80 km/h (D) 4,5 s
60-100 km/h (D) 5,8 s
80-120 km/h (D) 8,1 s
Travagem
100-0/50-0km/h 36,9/9,3 m
Consumos
Consumo médio 6,1 l/100km
Autonomia 770 km

Medições

OPEL

Acelerações
0-50 km/h 3,9 s
0-100 / 130 km/h 11,8 s
0-400 / 0-1000 m 18,8 s
Recuperações
40-80 km/h 3.ª 5,8 s
60-100 km/h 3.ª/4.ª/5.ª 7,9/11,9 s
80-120 km/h 4.ª/5.ª/6.ª 9,9/12,7 s
Travagem
100-0/50-0km/h 35,1/9,1 m
Consumos
Consumo médio 5,5 l/100km
Autonomia 872 km