Focus 1.5 Ecoblue Auto Focus 1.5 Ecoblue Auto Focus 1.5 Ecoblue Auto Focus 1.5 Ecoblue Auto Habitáculo composto por plásticos rijos e borrachas moles, ou seja, o normal no segmento; há detalhes menos bem finalizados Focus 1.5 Ecoblue Auto Original seletor dos modos de caixa automática de 8 velocidades; funcionamento simples e colocação ‘à mão de semear’ na consola central Focus 1.5 Ecoblue Auto Focus 1.5 Ecoblue Auto A bagageira do Focus ganhou 12 litros, tendo agora 375; ainda assim, e a ‘olho nu’ percebe-se que é menor do que a do Kia (395 litros) Soberba posição de condução; os bancos, em pele e tecido (opção por 762 €) oferecem um pouco menos de apoio lateral do que os do Ceed Focus 1.5 Ecoblue Auto Focus 1.5 Ecoblue Auto Na dinâmica, Focus no topo da categoria Focus 1.5 Ecoblue Auto Poucos carros há que sejam tão 'comunicativos' como o Focus Talvez não exista outra categoria com tantos candidatos aos lugares cimeiros como no segmento dos compactos. Ford Focus e Kia Ceed são dois produtos de temperamento distinto, mas com um traço comum: ‘jogam’ para ganhar Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Transmissão automática de sete velocidades tem funcionamento fluido e ajuda a tirar o melhor da mecânica de 1,6 litros a gasóleo Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Notável evolução da Kia também na qualidade; no Ceed, há materiais bons e menos bons e algumas falhas no acabamento Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Bagageira com acesso mais desafogado e volumetria superior; com o rebatimento dos bancos traseiros, capacidade de 1291 litros Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Posição de condução sem falhas; os bancos forrados a pele e tecido são de série e garantem ótimos apoios laterais a costas e pernas Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Ceed: compromisso fantástico entre conforto e dinâmica Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX O Ceed tem 'pisar' de automóvel 'premium'; firme mas confortável Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX

Ford Focus 1.5 Ecoblue Auto vs Kia Ceed 1.6 CRDi 7-DCT TX

Competição ao rubro

CONFRONTO

Por João da Silva 12:00

Fotos: Gonçalo Martins

A abrir, opinião estética pessoal: o Kia é um carro bonito, muito elegante e equilibrado, mas o Ford Focus é uma estampa! Finalmente, a marca da oval azul consegue dotar o compacto de uma imagem racing e simultaneamente elegante, o que não é fácil. Bom, mas apesar do design ser fator decisivo na escolha de quem compra carro, não é isso que nos cabe avaliar.

Neste confronto temos um frente-a-frente entre versões a gasóleo de Focus e Ceed. O primeiro utiliza mecânica de 4 cilindros em linha, de 1,5 litros e 120 cv/300 Nm, gerido por caixa automática de 8 velocidades. Este motor, que deverá ser um dos mais procurados em Portugal (desconhecemos se a primazia das preferências ainda irá para a caixa manual de 6 velocidades ou se a transmissão automática se imporá de vez...), não é dos mais silenciosos que conhecemos, mas a resposta agrada desde as baixas rotações, mostrando-se suave a desenvolver e com consumos comedidos. A caixa automática tem comando rotativo, tal como o da Jaguar, um upgrade de estilo e que nada perde em eficácia de utilização, requerendo apenas alguma habituação para não se estar constantemente a olhar para a mão direita durante as manobras. De resto, a caixa de oito velocidades mostrou suavidade a ritmos tranquilos, sendo preferível utilizá-la em modo automático do que manualmente através das patilhas no volante, o que a torna um pouco mais lenta na resposta.

No Kia, motor mais potente, com 136 cv/320 Nm. Mecânica de 4 cilindros e 1,6 litros, nesta versão gerida por caixa automática de 7 velocidades, que agrada sobremaneira no que toca à suavidade e agradabilidade de utilização, sendo sempre muito fluida a desenvolver e com ruído contido. As prestações são superiores às do Focus, o que não admira tendo em conta a diferença de potência e binário, mas também o consumo é inferior, com média apurada de 5,6 l/100 km contra 6,1 do Ford. Em resumo, dois motores bons de conduzir e que se distinguem essencialmente pelas prestações que oferecem.

Diferença muito maior encontramos no desempenho dinâmico. Vamos por partes, começando agora pelo Ceed. O automóvel coreano recebeu importantes mudanças na suspensão, com os responsáveis da marca a afirmarem a procura por ‘oferecer nível de conforto de carro de família, mas também diversão’. Nas gerações anteriores, elogiámos bastante o conforto e a suavidade, mas apontámos críticas ao desempenho dinâmico, sobretudo a acentuada subviragem. Agora, às alterações efetuadas nas suspensões dianteira e traseira e ainda na direção assistida elétrica (17% mais direta do que antes), podemos afirmar, sem rodeios, que além de níveis de conforto ótimos, o desempenho dinâmico é de alto nível, revelando-se mais ágil e previsível e com muito menor rolamento da carroçaria em curva. Mais: a direção revela-se mais direta e fornece melhor feedback do contacto das rodas dianteiras com o asfalto. Há ainda a acrescentar uma avaliação que consideramos fundamental: o impacto em piso estragado é sólido, revelando firmeza e não rigidez, ou seja, sentimos aquele 'conforto sólido' que habitualmente é virtude exclusiva de automóveis premium...

No Focus, no que toca à dinâmica, não se espera outra coisa que não seja a excelência. Mas, e se dissermos que os engenheiros responsáveis pelo desenvolvimento dessa área do desempenho do automóvel se superaram? Pois, assim parece. É certo que a mecânica não tinha a patanisca adequada para avaliar tudo ao pormenor, mas com algum empenho e a puxar bem pelo 1,5 litros Diesel, conseguimos perceber a excelência do desempenho dinâmico, simplesmente mais eficaz e divertido que nunca! E atenção, nesta transição de geração, as versões que não são topos de gama ficaram sem suspensões independentes nas quatro rodas, pelo que o carro aqui analisado conta com arquitetura de eixo posterior de torção. Mas as virtudes dinâmicas estão lá: é o carro mais ágil, fácil de conduzir e divertido do segmento.

Por fim, refira-se que os materiais do interior do Focus são agora de melhor qualidade, uma evolução fundamental para se equiparar à concorrência. Nem tudo é fantástico, mas está melhor, havendo uma alternância entre plásticos rijos e borrachas de boa qualidade, sobretudo nas zonas mais altas do interior. Também a consola está mais fácil de utilizar, pois diminuíram o número de botões, sendo possível utilizar o ecrã tátil (bem posicionado no topo do tablier) para diversas funções. Avaliação idêntica na qualidade merece o Kia, mas está ligeiramente abaixo na habitabilidade, pois oferece um pouco menos de espaço em comprimento e em largura nos bancos traseiros.

Como evoluiu o Kia Ceed! O compacto é atualmente o modelo mais competitivo da marca coreana, com ótimo rácio preço/qualidade/equipamento/garantia. Mais: é competente na dinâmica, além de seguro e confortável. Tirando alguns aspetos menos bons do acabamento, é difícil encontrar defeitos a este automóvel. Por outro lado, temos o Focus: simplesmente o carro mais divertido de guiar deste segmento, mas neste confronto com motor menos potente e mais gastador que acaba por condicionar o resultado.

Ler Mais

Ficha Técnica

Características

FORD FOCUS

1.5 EcoBlue Auto

KIA CEED

1.6 CRDI 7-DCT TX

Motor
Arquitetura 4 cilindros em linha 4 cilindros em linha
Capacidade 1500 cc 1598 cc
Alimentação Inj. dir. CR, TGV, intercooler Inj. direta CR, TGV, Intercooler
Distribuição 2 a.c.c./16v 2 a.c.c./16v
Potência 120 cv/3600 rom 136 cv/4000 rpm
Binário 300 Nm/1750-2250 rpm 320 Nm/2000-2250 rpm
Transmissão
Tração Dianteira Dianteira
Caixa de velocidades Automática de 8 velocidades Automática de 7 velocidades
Chassis
Suspensão F Ind. McPherson Ind. McPherson
Suspensão T Eixo de torção Eixo multibraços
Travões F/T Discos ventilados/Discos Discos ventilados/Discos
Direção/Diâmetro de viragem Elétrica/11 m Elétrica/10,5 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 4,378/1,979/1,471 m 4,310/1,800/1,447 m
Distância entre eixos 2,7 m 2,65 m
Mala 375-1354 litros 395-1291 litros
Depósito de combustível 47 litros 50 litros
Pneus F 7,5jx18-235/45 R18 7,5jx17-225/45 R17
Pneus T 7,5jx18-235/45 R18 7,5jx17-225/45 R17
Peso 1394 kg 1415 kg
Relação peso/potência 11,6 kg/cv 10,4 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 193 km/h 200 km/h
Acel. 0-100 km/h 10,2 s 9,9 s
Consumo médio 4,3 l/100 km 4,3 l/100 km
Emissões de CO2 113 g/km 110 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica 2 anos sem limite km 7 anos ou 150.000 km
Pintura/Corrosão 3/12 anos 5/12 anos
Intervalos entre revisões 30000 km 20000 km
Imposto de circulação (IUC) 145,05 € 145,05 €

Medições

FORD

Acelerações
0-50 km/h 3,2 s
0-100 / 130 km/h 10,1 s
0-400 / 0-1000 m 17,1 s
Recuperações
40-80 km/h (D) 4,5 s
60-100 km/h (D) 5,8 s
80-120 km/h (D) 8,1 s
Travagem
100-0/50-0km/h 36,9/9,3 m
Consumos
Consumo médio 6,1 l/100km
Autonomia 770 km

Medições

KIA

Acelerações
0-50 km/h 3,6 s
0-100 / 130 km/h 9,4 s
0-400 / 0-1000 m 16,9 s
Recuperações
40-80 km/h (D) 4,1 s
60-100 km/h (D) 5,1 s
80-120 km/h (D) 6,3 s
Travagem
100-0/50-0km/h 35,8/8,7 m
Consumos
Consumo médio 5,6 l/100km
Autonomia 892 km