BMW i4, o elétrico que se segue

Após a estreante dupla de SUV elétricos, iX3 e o anunciado iX, segue-se o i4, a chegar no final de 2021. Este 'concept' desvenda também as formas do novo Série 4 Gran Coupé

Apresentação

Por Paulo Sérgio Cardoso 02-12-2020 15:46

A BMW trouxe até Portugal o Concept i4 que não só desvenda as formas da nova geração do Série 4 Gran Coupé que deverá estar à venda a partir do segundo semestre de 2021, como antecipa especificamente a variante 100% eletrificada deste modelo, esta com início de comercialização previsto para o final do próximo ano.

O i4 será modelo elétrico de assinatura desportiva, sem perder os elementos de versatilidade inatos a uma carroçaria de 5 portas e 5 lugares – a BMW afiança que 85% do que está à vista neste concept faz já parte das soluções finais a integrar no Série 4 Gran Coupé. Embora ainda em fase embrionária, a potência máxima do i4 estará na ordem dos 530 cv, com motor elétrico alojado na zona posterior da carroçaria, atrás da bateria, para mais íntima ligação ao eixo traseiro motriz, assim reduzindo-se as perdas de potência à roda.

A bateria será já uma evolução da utilizada no iX3 por ser constituída não por 10 mas sim por 12 módulos, com peso total a rondar os 550 kg, mas ainda de capacidade divulgada. Conhecidos são já os objetivos em termos de autonomia em ciclo WLTP, com a BMW a prometer cerca de 600 km. A velocidade máxima estará limitada aos 200 km/h e a aceleração de 0-100 km/h prometida na ordem dos 4 segundos.

O interior rege-se por toada minimalista, quase sem comandos físicos, e onde sobressai o enorme painel digital (curvilíneo, permitindo fazer chegar a informação de forma mais direta aos olhos do condutor) de 27,2’’ que ocupa quase a totalidade da zona superior tablier, solução que nos foi desde já dada como presença garantida no modelo de produção em série.

A multimédia a bordo será dominada pela versão 8.0 do sistema operativo, uma evolução do atual 7.0, com a curiosidade do mesmo estar a ser desenvolvido em Portugal, numa joint venture entre a BMW e polo tecnológico nacional, num projeto que envolve atualmente mais de 1000 técnicos. Está prevista a inclusão de novas funcionalidades focadas na facilidade de condução e na adaptação do veículo à utilização quotidiana do condutor. Está igualmente prometida uma evolução e melhor identificação de comandos vocais em português, bem como nova denominação dos modos de condução: Core, Efficient e Sport.

Ao contrário do que acontece com o iX3, o i4 será produzido na unidade fabril de Munique, na Alemanha, o que obrigou a total suspensão da produção de veículos novos entre 23 de julho e 7 de setembro de 2020 para adaptação das linhas de montagem. Embora a assemblagem da bateria de alta voltagem no i4 continue a requerer procedimentos e fases específicas no processo, esta nova flexibilidade permitirá à fábrica de Munique produzir o elétrico i4 na mesma linha em que monta modelos Diesel, gasolina ou mesmo híbridos Plug In.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Apresentação