Opel Zafira Life

Mudança de vida

Apresentação

Por Vítor Mendes da Silva 26-10-2019 12:45

Sim, é o Opel Zafira! Nesta nova vida, totalmente irreconhecível, considerando a história do modelo, o automóvel baseia-se em comercial ligeiro da marca do relâmpago (Vívaro) e apresenta-se como espécie de minibus para servir de shuttle de unidades hoteleiras ou empresas turismo/ eventos, mas também não renuncia à hipótese de impor-se como proposta válida entre os monovolumes tradicionais, como proposta muito interesse para famílias numerosas.

Trunfo maior: espaçosa sala de estar com o máximo de nove lugares proporciona espaço e conforto em trajetos profissionais. Ou, porque não, em viagens longas na companhia da família e amigos. A carroçaria com 5,3 m de comprimento, na variante mais avantajada (há mais dois tamanhos no portefólio, com 4,6 e 4,9 m!) conta com duas portas laterais traseiras deslizantes que facilitam muito os acessos ao habitáculo, encontrando-se a passagem para a 3.ª fila simplificada pelo rebatimento e avanço do banco central posicionado mais à direita. A marca alemã garante que são possíveis dezenas de configurações de interior, que variam consoante as versões, entre dois e nove lugares, devido aos bancos corridos ou deslizantes longitudinalmente sobre calhas. Também existem bancos rotativos, para modularidade máxima do habitáculo e número quase ilimitado de adaptações. Não testámos nem um terço das possibilidades disponíveis no nosso Zafira Life, mas rendemo-nos à facilidade com que o monovolume consegue adaptar-se às diferentes exigências e necessidades de transporte, com três filas de bancos e muito espaço para as pernas de todos os ocupantes.

Mesmo sentando-nos numa posição de condução sobrelevada, não é fácil adivinhar os limites dinâmicos de matulão com formas quadradas! Logo, a sua condução em ambientes urbanos pede alguma habituação e treino. Já em estrada aberta é a elevada sensibilidade aos ventos laterais que influencia negativamente a estabilidade, sobretudo a velocidades de cruzeiro mais elevadas. Sendo o conforto e a boa capacidade de processamento das irregularidades do piso o melhor cartão de visita de automóvel que, mais do que para conduzir, servirá para sermos conduzidos…

O MPV da Opel não esconde a base comercial, mas é muito mais Zafira do que Vívaro no recheio: de série, equipamentos de segurança e assistência à condução como regulador de velocidade adaptativo, travagem de emergência, controlo da manutenção na faixa de rodagem e, ainda, alerta de fadiga do condutor; na lista de opcionais encontram-se elementos como o sistema IntelliGrip que melhora a capacidade de tração, circulando-se sobre pisos com níveis precários de aderência, bancos com programas de massagem, etc.!

O Zafira foi automóvel pioneiro no final da década de 1990, ganhando estatuto de referência que manteve durante duas décadas. Mas, não obstante os créditos do modelo que sai de cena, esta mutação explica-se facilmente: desde 2014, com o crescimento da procura de SUV, as vendas de monovolumes compactos travaram a fundo (quebra de 59%!). Pelo contrário, apenas o ano passado, a procura de MPV de grandes dimensões quase duplicou. Ou seja, o Zafira Life posiciona-se numa categoria em expansão no mercado europeu e completa o quarteto de automóveis gémeos, ao lado de Toyota Proace, Peugeot Traveller e Citroën Spacetourer.

No mercado nacional, apenas motores Diesel com 4 cilindros e 1,5 litros, com 102 e 120 cv, ou 2 litros, com 150 ou 177 cv. A mecânica mais potente encontra- se associada a caixa automática de 8 velocidades.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Apresentação