Mercedes-Benz Classe V

Classe avançada

Apresentação

Por João Ouro 04-08-2019 11:35

A revisão não é profunda, mas há novos argumentos importantes na gama Classe V, vulgo modelo MPV de passageiros; até ao máximo de 8 lugares na configuração 2+3+3. Se o formato exterior é do tipo furgoneta, o desenho do habitáculo, inclusive do tablier e da consola, é quase decalcado dos outros automóveis de turismo da marca, sendo possível elogiar a qualidade dos materiais, forros e tecidos, assim como a oferta ao nível dos sistemas multimédia e de conetividade (ainda sem o MBUX, o qual até já está na gama Sprinter) e no âmbito do conforto. Neste último caso, destaque para os novos bancos Luxury que se podem instalar na 2.ª fila, para viajar em 1.ª classe, os quais incluem ajustes elétricos, ventilação/ aquecimento, apoios de cabeça tipo almofada e programa de massagens. Um luxo!

Outros elementos nada vulgares (neste género de modelos) dizem respeito às tecnologias de ajuda à condução incorporadas, abrangendo o total de 13 dispositivos nesse domínio, tendo agora como novidade a assistência automática à travagem (Brake Assist) e a ativação de máximos (Assist Plus), além dos famigerados avisos de ângulo morto e de faixa, Pre-safe, estacionamento automático, cruise-control ativo, Crosswind Assist (auxílio contra ventos laterais), reconhecimento de sinais de trânsito e luzes full-LED.

Todos os modelos passam a ter o motor OM 654 Diesel (presente no Classe E, entre outros) com três níveis de potência (ver ficha), o qual assegura outra eficiência e melhor desempenho, como pudemos constatar ao volante da versão 300 d (baixo ruído e vibrações), cuja resposta é enérgica em todos os regimes (binário oblige), sem se incomodar sequer com o tamanho e formato do Classe V. E o mesmo acontece com a versão Marco Polo. Ótima surpresa.

EQV: totalmente elétrico

Thomas Wirth, Product Management do Classe V, Marco Polo e Vito, engenheiro de formação, afável e fluente em... português, confessou-nos «que não há planos para uma variante híbrida na gama V», mas a Mercedes-Benz tem agendado para setembro o lançamento da versão EQV puramente elétrica, com bateria de 100 kWh, 204 cv e autonomia até 400 km (carga rápida: 15 minutos-100 km).

Marco Polo

A (re)conhecida variante Marco Polo (distância entre eixos longa) beneficia do atual facelift, tratando-se de uma espécie de mini-caravana que conta com um soft-top extra (vidro/plástico reforçado, da Westfalia), o qual se desdobra numa tenda para duas pessoas. Em baixo, os bancos da 2.ª fila avançam, recuam e também rebatem por inteiro (eletricamente) para criar um espaço-cama. Há ainda uma cozinha bem equipada e uma mesa rebatível para camping de luxo. Preços: 61.382 € (220 d); 65.134 € (250 d) e 67.853 € (300 d).

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Apresentação