Nissan Micra

Reforços de inverno

Apresentação

Por João da Silva 20-04-2019 13:00

As estrelas maiores na atualização da gama Micra são os dois motores de 3 cilindros desenvolvidos no âmbito da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi. O novo 1.0 IG-T a gasolina substitui diretamente o 0,9 litros de 90 cv, debitando 100 cv às 5000 rpm e 160 Nm às 2000 rpm, e está associado (de série) a caixa manual de cinco velocidades. Contudo, também pode ser combinado com transmissão automática Xtronic (1300 €), caixa de variação continua (CVT) com tecnologia «D-step» que, segundo a marca japonesa, oferece uma utilização mais refinada do que as CVT convencionais, e ainda reduções mais rápidas e superior economia de combustível.

Na apresentação dos novos motores da Nissan, conduzimos unidade com caixa XTronic (numa associação que baixa o binário máximo do 1.0 para 144 Nm). Gostámos particularmente da suavidade do mecanismo, valendo bem o investimento acrescido quando comparado com a versão de caixa manual de 5 velocidades – que também guiámos. Não que esta última tenha alguma crítica a apontar, oferece até prestações superiores, mas a fluidez da CVT agradou-nos sobremaneira. Com o motor 1.0 IG-T de 100 cv, a aceleração 0-100 km/h cumpre-se em 10,9 s (13 s com Xtronic) e a velocidade máxima atinge-se aos 184 km/h (177) – consumos, emissões e preços em quadro específico na próxima página.

Quanto ao 1.0 DIG-T, a Nissan fez questão de frisar que não se trata simplesmente de versão mais potente e afinada do 1.0 IG-T de 100 cv, mas de um motor totalmente diferente, desenvolvido pela Aliança em conjunto com a Daimler. Com 117 cv e 180 Nm (20 Nm adicionais em overboost), o Micra com este novo bloco acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos e chega aos 195 km/h. Nas versões com este motor, a suspensão  foi rebaixada 10 mm e tem afinação  revista, a direção é mais precisa, além de que se podem ter jantes de 17” e saída de escape cromada nos níveis  de equipamento Acenta e superiores.

Destaque, ainda, para o NissanConnect e para a versão especial N-Sport, desenvolvida para rivalizar com Ford Fiesta ST-Line, Peugeot 208 GT Line ou Seat Ibiza FR. Proposta por 19.150 € (1.0 IG-T) ou 20.100 € (1.0 DIG-T), inclui jantes em liga de 17”, acabamento em carbono nas jantes e caixas dos espelhos, detalhes exteriores em preto brilhante, símbolo N-Sport na traseira, vidros traseiros escurecidos, faróis de nevoeiro, bancos em pele/Alcantara, saídas de ventilação em branco, apoio de braços dianteiro, forro do tejadilho em preto, câmara e sensores de estacionamento traseiros e acesso/arranque sem chave.

Ler Mais

Conte-nos a sua opinião 0

Apresentação