BMW M850i xDrive Cabriolet

Aguçar o espírito

Apresentação

Por Paulo Sérgio Cardoso 01-01-2019 11:00

Depois de nos deslumbrar com o preciosismo dinâmico do novo Série 8 Coupé, nalgumas voltas ao Circuito do Estoril, a BMW levou-nos a uma sala escura, longe dos olhares do mundo, para nos desvendar o lado mais refinado e luxuoso do novo topo de gama de tónica desportiva. Esperava-nos um elegantíssimo M850i Cabriolet em Frozen BlueStone, tonalidade nova e exclusiva para toda a gama Série 8, de mãos dadas a interiores revestidos a pele clara em cor contraste com o tablier.

«O mais elegante da Série 8» como nos foi orgulhosamente descrito pela responsável de desenvolvimento do produto, Sarah Lessmann, demonstrando que tendo por base o mesmo V8 biturbo de 530 cv que tínhamos acabado de experimentar no Coupé, poderia muito bem nascer um fino e delicado descapotável que, sem descurar a performance e o lado desportivo da BMW, atinge um patamar inédito de luxo e requinte no seio da marca germânica.

Ao vivo, percebe-se que não é apenas um Série 6 Cabrio maior. É, de facto, um automóvel tido como peça de arte, por demais refinado e recolhendo as máximas atenções aos pormenores.

Para manter a referida toada dinâmica, a BMW somou muitos reforços estruturais para poder cortar o tejadilho ao Série 8, com um resultado final (anunciado) em matéria de rigidez que fica apenas 3% abaixo do Coupé! E tal foi conseguido com aumento de peso na ordem dos 125 kg, resultado que é digno de registo... Mas só daqui a uns meses poderemos experimentar, uma vez que o Série 8 Cabriolet, por agora, só pode mesmo ser visto. Andar, só mesmo em março do ano que agora começa.

Para cobrir o habitáculo deste descapotável de luxo, a BMW recorreu a solução de capota têxtil, capaz de aliar elegância, peso contido e versatilidade de utilização acrescida, por permitir que a mesma seja operada com o veículo em andamento, até aos 50 km/h. Face ao Coupé, a capacidade da mala desce dos 420 para os 350 litros, embora seja mantida a possibilidade de rebater as costas dos bancos traseiros, permitindo o transporte de objetos mais compridos, casos de pranchas de desportos mais radicais/ativos. Menos bem, a solução manual na bagageira para recolher o compartimento de armazenamento da capota se esta estiver colocada: há quem já o faça de modo elétrico, neste segmento a raiar o que mais de luxuoso se faz na indústria automóvel.

A capota pode ser preta ou cinza combinando-se com as restantes cores da carroçaria, com a BMW a reivindicar níveis excelentes de isolamento acústico, tendo para o efeito recorrido a quatro camadas de material insonorizante. Mais uma das qualidades a comprovar daqui a uns meses...

O acesso aos dois lugares de passageiros é feito por intermédio do deslizar dos bancos dianteiros, que o fazem de forma totalmente elétrica. O espaço que sobra para chegar lá atrás é generoso e os dois lugares disponíveis são, igualmente, dos mais cómodos na categoria dos descapotáveis: o espaço para pernas satisfaz na plenitude e o nível de verticalidade das costas é aceitável e compensado, ao nível do bem-estar, pelo facto dos assentos serem mais escavados que o habitual.

Os bancos surgem revestidos a pele, com ajustes elétricos, memórias e aquecimento, com o M850i a acrescentar regulações elétricas também na zona lombar e suportes laterais. Em opção, interiores totalmente revestidos a pele (tablier e portas), bancos dianteiros climatizados, aquecimento para a zona do pescoço embutido nos encostos de cabeça dos bancos dianteiros e apoios de braço nas portas igualmente aquecidos. De série, defletor traseiro manual, desdobrável, preferido em prol de sistema elétrico em vidro por este simbolizar peso acrescido.

Tal como acontece já na gama do Coupé, quando o Cabriolet da Série 8 chegar ao mercado, no início da Primavera, contará com unidade 6 cilindros em linha, Diesel, 3 litros de 320 cv no 840d e o V8 biturbo a gasolina, de 530 cv, a animar o M850i. Ambas as versões contam com os préstimos de sistema de tração integral xDrive, suspensão de amortecimento variável e eixo traseiro direcional (direção ativa). O M850i conta, ainda, com diferencial traseiro desportivo (opcional no 840d) e jantes de 20 polegadas.

A conceção dos interiores dos novos Série 8 inaugura fase de design e arranjo ergonómico na marca, anexando painel de instrumentos totalmente digital de 12,3’’ (e distintos ambientes mediante o modo de condução selecionado através dos botões colocados à esquerda da alavanca da caixa automática de 8 velocidades) a visor tátil de 10,25’’ colocado no topo da consola central. Através deste e do comando rotativo do iDrive é possível controlar sistema de infoentretenimento de apresentação e atalhos simplificados, com sistema de navegação inteligente e disco rígido de 20GB para armazenamento de dados. Controlos por gesto e chave com display são outras tecnologias presentes.

Ler Mais

Ficha Técnica

Caracteristicas

BMW Série 8

M850i xDrive CABRIOLET

Motor
Arquitetura 8 cilindros em V
Capacidade 4395 cc
Alimentação Inj. direta, biturbo, intercooler
Distribuição 2x2 a.c.c./32v
Potência 530 cv/5500-6000 rpm
Binário 750 Nm/1800-4600 rpm
Transmissão
Tração Integral
Caixa de velocidades Automática de 8 velocidades
Chassis
Suspensão F Ind. triângulos duplos
Suspensão T Ind. multibraços
Travões F/T Discos ventilados
Direção/Diâmetro de viragem Elétrica/11,9 m
Dimensões e Capacidades
Compr./Largura/Altura 4,851/1,902/1,345 m
Distância entre eixos 2,822m
Mala 350 litros
Depósito de combustível 68 litros
Pneus F 8jx20 - 245/35 R20
Pneus T 9jx20 - 275/30 R20
Peso 2090 kg
Relação peso/potência 3,9 kg/cv
Prestações e consumos oficiais
Vel. máxima 250 km/h
Acel. 0-100 km/h 3,9 s
Consumo médio 9,9 l/100 km
Emissões de CO2 225 g/km
Garantias/Manutenção
Mecânica -
Pintura/Corrosão -
Intervalos entre revisões -
Imposto de circulação (IUC) -

Conte-nos a sua opinião 0

Apresentação